Uso do portfólio como ferramenta avaliativa em uma disciplina do curso de Nutrição da Universidade Federal de Minas Gerais

Revista Docência do Ensino Superior

Endereço:
Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627, Prédio da Biblioteca Central, 1º Andar (entrada lateral) - Campus Pampulha
Belo Horizonte / MG
31270901
Site: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/index
Telefone: (31) 3409-6451
ISSN: 22375864
Editor Chefe: Zulmira Medeiros
Início Publicação: 30/09/2011
Periodicidade: Anual
Área de Estudo: Multidisciplinar

Uso do portfólio como ferramenta avaliativa em uma disciplina do curso de Nutrição da Universidade Federal de Minas Gerais

Ano: 2017 | Volume: 7 | Número: 1
Autores: Aline Viveiros, Rita de Cássia Marques
Autor Correspondente: Aline Viveiros | [email protected]

Palavras-chave: Avaliação educacional, Educação superior, Ensino, Portfólio

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

No contexto da avaliação formativa, o portfólio se mostra como uma alternativa viável para a adoção de ferramentas que coloquem o aluno no centro do próprio processo de aprendizagem. Assim, a disciplina Alimentação e Cultura adota o portfólio como instrumento avaliativo, que deve partir de uma reflexão crítica sobre os assuntos abordados ao longo das atividades. A avaliação dos trabalhos é feita  pela leitura dos registros feitos pelos alunos sobre os  temas tratados na disciplina. Como ponto negativo sobre essa ferramenta, pode-se citar a dificuldade dos discentes em entender que a avaliação deve ser feita ao longo do semestre e que é necessária também a autoavaliação, fazendo os ajustes necessários para a melhora do processo de aprendizagem. Mesmo diante de algumas limitações, o uso do portfólio justifica-se  por possibilitar a criação de uma atitude reflexiva sobre o processo de aprendizagem por parte dos alunos.



Resumo Inglês:

Within the context of formative evaluation, portfolio is a viable alternative for the adoption of tools that place students at the center of their own learning process. Thus, the discipline ‘Food and Culture’ adopts the portfolio as evaluation instrument, which should be started from a critical reflection on the issues addressed throughout the activities. The evaluation of works is done by reading the records made by students about the topics covered in the discipline. As a negative point about this tool, it is possible to mention the difficulty students have in understanding that the evaluation has to be done throughout the semester, and that the self-evaluation performance is also necessary, in order to enable them to make the required adjustments to improve their learning process. Even facing some limitations, the use of the portfolio is justified by the possibility of creating a reflexive attitude by the students about their own learning process.