A teoria do agir comunicativo e sua contribuição para a relação professor-aluno no ensino superior

Revista Docência do Ensino Superior

Endereço:
Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627, Prédio da Biblioteca Central, 1º Andar (entrada lateral) - Campus Pampulha
Belo Horizonte / MG
31270901
Site: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/index
Telefone: (31) 3409-6451
ISSN: 22375864
Editor Chefe: Zulmira Medeiros
Início Publicação: 30/09/2011
Periodicidade: Anual
Área de Estudo: Multidisciplinar

A teoria do agir comunicativo e sua contribuição para a relação professor-aluno no ensino superior

Ano: 2017 | Volume: 7 | Número: 2
Autores: Damiana Santos de Lima Meireles, Rodrigo Fernandes Meireles, Ana Paula Vasconcelos de Oliveira Tahim, Stânia Nágila Vasconcelos Carneiro
Autor Correspondente: Damiana Santos de Lima Meireles | [email protected]

Palavras-chave: Educação, Ensino superior, Agir comunicativo, Relação professor-aluno

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este estudo tem como objetivo analisar o impacto da relação professor-aluno no processo de aprendizagem no ensino superior na perspectiva da Teoria do Agir Comunicativo, desenvolvida por Jürgen Habermas. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica na qual foram selecionados e analisados artigos publicados entre 2006 e 2016 que apresentem uma discussão acerca da correlação entre a Teoria do Agir Comunicativo e a educação, de modo especial no ensino superior. A teoria de Habermas não foi originalmente elaborada para compreender a educação, mas apresenta valiosas contribuições nesse campo. Verificou-se que a relação professor-aluno, quando baseada numa razão comunicativa, que valoriza a interação entre sujeitos mediada pela linguagem e pela capacidade argumentativa, favorece o entendimento mútuo, o afloramento de novos conhecimentos e a emancipação humana.



Resumo Inglês:

This work aims to analyze the impact of the professor-student relationship in the learning process in higher education from the perspective of the Theory of Communicative Action, by Jürgen Habermas. For this, a bibliographic research was carried out in which articles published between 2006 and 2016 that present a discussion about the correlation between Habermas’ theory and education, especially in higher education, were selected and analyzed. It was verified that the professor-student relationship, when based on a communicative reason that values the interaction between subjects mediated by language and argumentative capacity, favors mutual understanding, the emergence of new knowledge and human emancipation.