Os eixos estruturantes das diretrizes curriculares nacionais dos cursos de Medicina no Brasil

Revista Docência do Ensino Superior

Endereço:
Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627, Prédio da Biblioteca Central, 1º Andar (entrada lateral) - Campus Pampulha
Belo Horizonte / MG
31270901
Site: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/index
Telefone: (31) 3409-6451
ISSN: 22375864
Editor Chefe: Zulmira Medeiros
Início Publicação: 30/09/2011
Periodicidade: Anual
Área de Estudo: Multidisciplinar

Os eixos estruturantes das diretrizes curriculares nacionais dos cursos de Medicina no Brasil

Ano: 2017 | Volume: 7 | Número: 1
Autores: Diogo Hiroshi Beçon Kussakawa, Clésio Acilino Antonio
Autor Correspondente: Diogo Hiroshi Beçon Kussakawa | [email protected]

Palavras-chave: Educação médica, Formação médica, Reforma curricular, Diretrizes Curriculares Nacionais

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

As reformas curriculares dos cursos de Medicina no Brasil são territórios em disputa por forças com intensidades, direções e sentidos variáveis, emanadas de diversas fontes do conhecimento, em determinado tempo histórico. Tais forças estão organizadas em eixos estruturantes, que orientam a redação dos artigos e parágrafos de projetos pedagógicos e diretrizes. O principal objetivo deste artigo foi identificar, de forma panorâmica, os eixos estruturantes que modelam os currículos dos cursos de Medicina no Brasil e, de forma específica, contextualizá-los com os eventos históricos recentes. Como metodologia, utilizamos os conceitos da pesquisa bibliográfica e documental e, como principal fonte de análise, as novas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Medicina (DCN), de junho de 2014. Os resultados do trabalho apontam para a presença de quatro grandes eixos: promoção da saúde, político-econômico, ético-cultural e simbólico-tecnológico.



Resumo Inglês:

The curricular reforms of Medicine graduation courses in Brazil are territories in dispute for forces with variable intensities, directions and senses, emanating from many different knowledge sources, in a specific historical time. These forces are organized in structuring axes, which guide the writing of articles and paragraphs of guidelines and pedagogic projects. The main objective of this paper was to identify, in a panoramic way, the structuring axes that model the curricula of Medicine graduation courses in Brazil and, in a specific way, to contextualize them with recent historical events. As methodology, we used the concepts of bibliographic and documentary research and, as main analysis source, the new National Curricular Guidelines of Medicine Graduation Courses, of June 2014. The results point to the existence of four major axes: health promotion, political-economic, ethical-cultural and symbolic-technological.