APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMA: INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE OS ACADÊMICOS DA ADMINISTRAÇÃO E DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Pensar Acadêmico

Endereço:
Avenida Getúlio Vargas - Coqueiro
Manhuaçu / MG
36900-350
Site: https://unifacig.edu.br/servicos/publicacoes/
Telefone: (33) 3339-5500
ISSN: 18086136
Editor Chefe: Andréia Almeida Mendes
Início Publicação: 30/06/2011
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Agrárias, Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Ciências Exatas, Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Engenharias, Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Multidisciplinar

APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMA: INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE OS ACADÊMICOS DA ADMINISTRAÇÃO E DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Ano: 2020 | Volume: 18 | Número: 4
Autores: Liege Pires do Rosário Lau, Sandra Belloli de Vargas
Autor Correspondente: Liege Pires do Rosário Lau | [email protected]

Palavras-chave: Aprendizagem Baseada em Problema; Aprendizagem Ativa; Interdisciplinaridade.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste artigo foirelatar as experiências de aplicações de metodologias ativas de forma interdisciplinar entre acadêmicos da Administração e de Ciências Contábeis de uma instituição privada de ensino superior. A pesquisa caracteriza-se como descritiva com abordagem qualitativa realizada através de um estudo de caso. A metodologia de ensino utilizada foi Aprendizagem baseada em problema (PBL-Problem Based Learning). Os principais resultados indicam que a interdisciplinaridade propicia o desenvolvimento de competências valorizadas no mercado de trabalho como,por exemplo, capacidade analítica, mediação de conflitos nos grupos, além da argumentação.



Resumo Inglês:

The purpose of this article is to report the experiences of applications of active methodologies in an interdisciplinary way among academics of Administration and Accounting of a private institution of higher education. The research is characterized as descriptive with a qualitative approach carried out through a case study. The teaching methodology used was problem-based learning. The main results indicate that indisciplinarity promotes the development of skills valued in the labor market, such as, for example, analytical capacity, conflict mediation in groups, in addition to argumentation.