A VELHICE E O SENTIMENTO DE SOLIDÃO SOB A ÓTICA DOS IDOSOS

Humanidades (Montes Claros)

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/humanidades
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 1809-4929
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Exatas, Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Engenharias, Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Multidisciplinar

A VELHICE E O SENTIMENTO DE SOLIDÃO SOB A ÓTICA DOS IDOSOS

Ano: 2020 | Volume: 9 | Número: 1
Autores: A. A. Santos, E. C. A. Veloso, B. R. M. Rios, S. G. S. Pereira, C. D. S. Leão, Á. P. Piris
Autor Correspondente: A. A. Santos | [email protected]

Palavras-chave: solidão, idosos, envelhecimento.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivo: Analisar a percepção do idoso quanto ao sentimento de solidão; além de  identificar se as mudanças físicas e fisiológicas, as relações sociais estabelecidas e as perdas ao longo da  vida  influenciam para  o surgimento desse sentimento. Materiais  e  Métodos: Trata-se  de  uma  pesquisa  de  investigação subjetiva de abordagem qualitativa transversal exploratória, realizada  na  cidade de  Montes  Claros –MG  com oito idosos sendo  estes  selecionados através  da técnica  de  “snowball”.  A entrevista  foi  aplicada  com  o  auxílio do  aplicativo “dictate” para a transcrição das respostas e na interpretação aanalise do discurso foi realizada, a partir da base fairclough e com  o auxilio do software “MAXQDA” para executar a codificação eacategorização  da  discussão. Esta pesquisa teveparecer positivo pelo CEP com o número: 3.573.122. Resultados: Os  idosos  entrevistados  nesta  pesquisa  apontaram  que  o  sentimento de  solidão não  está  presente  nessa  etapa  de  vida.  Relataram  que  fisicamente  sentiram  o impacto   da   idade,   no   entanto o sentimento   não   é   de estar velho, ainda acrescentam  que  o  apoio da família  e  amigos  são  primordiais  para  o  seu  bem-estar. Conclusão: Embora  o  sentimento  de  solidão  não  tenha se mostrado presente  nas pessoas  entrevistadas, a  fase  idosa  é  de  extrema  importância e merece um olhar cada vez mais atento às suas vulnerabilidades e necessidades.



Resumo Inglês:

Objective: To  analyze the perception of the elderly regarding the feeling of loneliness; andto identify whether physical and physiological changes, established social relationships, and losses throughout life influence the emergence of this feeling. Materials and Methods: This is a subjectiveinvestigationresearch,with an exploratory,qualitative,cross-sectional approach, carried out in the city of Montes Claros -MG with eight elderly people selected by  means  ofthe  snowball  technique.  The  interview  was held  with  the  aid  of “Dictate” application in order to transcribe the answers,and the interpretation of discourse  analysis  was based  on Fairclough, with the aid of the “MAXQDA” software, in order to perform the coding and  categorization of the discussion. This research was approvedby the Research Ethics Committeeunderthe number 3.573.122. Results:The  elderly  people  interviewed  pointed  out  that  the  feeling of loneliness is not present in this stage of life. They reported that they physically feelthe impact of age, however,the feeling is not of being old;they still add that the   support   of   family   and   friends   is   paramount   for   their   well-being.Conclusions:It  ispossible  toconclude  that,although  the  feeling  of  loneliness has  not been present  in  the  people  interviewed,  the  elderly  phase  is  extremely important  and  deserves  an  increasingly  closer  look  at  their  vulnerabilities  and needs.