Sementes de moringa como coagulante natural no tratamento de água residuária proveniente do abate de rã-touro (Lithobates catesbeianus)

Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza

Endereço:
Rua Sergio Moreira de Figueiredo - UFCG/CFP/UACEN - Casas Populares
Cajazeiras / PB
58900000
Site: http://revistas.ufcg.edu.br/cfp/index.php/RPECEN
Telefone: (83) 9900-3676
ISSN: 2526-8236
Editor Chefe: Silvio Felipe Barbosa de Lima, Heydson Henrique Brito da Silva, Eudes Leite de Lima, Carlos Davidson Pinheiro
Início Publicação: 10/06/2017
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

Sementes de moringa como coagulante natural no tratamento de água residuária proveniente do abate de rã-touro (Lithobates catesbeianus)

Ano: 2020 | Volume: 4 | Número: Não se aplica
Autores: José Sérgio de Sousa, Erivane Oliveira da Silva, Pedro Thiago Barbosa de Oliveira, Diego Isaias Dias Marques, Max Rocha Quirino, Guilherme Leocárdio Lucena
Autor Correspondente: J. S. Sousa | [email protected]

Palavras-chave: Efluente, extrato, coliformes.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O crescente consumo de água potável tem resultado em uma grande quantidade de efluentes gerados e lançados de forma inadequada ao meio ambiente. Diante disto, este trabalho teve como objetivo investigar a eficiência do coagulante natural moringa no tratamento de coagulação, floculação e sedimentação do efluente líquido proveniente do abate de rã-touro. Avaliou-se a potencialidade do coagulante (na forma mássica e como extrato) por meio de testes de jarros variando a concentração do coagulante. Foram avaliados os parâmetros: cor aparente, turbidez, pH, condutividade elétrica, sólidos totais dissolvidos, oxigênio consumido e avaliação microbiológica. Os resultados dos ensaios mostraram que a utilização do extrato de moringa na concentração de 0.125 g L-1 foi favorável no tratamento da água residuária proveniente do abate de rãs, proporcionando uma remoção de 96% da cor aparente e 91% da turbidez. Verificou-se que o extrato de moringa reduziu em 47.5% o teor de oxigênio consumido e em 89% os coliformes termotolerantes (Escherichia coli). Estes resultados apontam que a utilização das sementes de moringa possui elevado potencial como coagulante no tratamento de águas residuárias, podendo servir como um substituinte de coagulantes químicos sintéticos.



Resumo Inglês:

The increasing consumption of clean water has resulted in a large amount of generated effluents and inadequately released to the environment. The aim of this work was to investigate seeds moringa on coagulation, flocculation and sedimentation treatments of liquid effluent from frogs slaughter system. It was evaluated a potential coagulation (mass form and as an extract) by means of jar tests varying the concentration of the coagulant. The parameters had been evaluated: apparent color, turbidity, pH, electrical conductivity, total solids dissolved, oxygen consumed and microbiological analysis. Tests results showed that the use of the moringa was favorable in the treatment of wastewater from frogs, providing a removal of 96% for apparent color and 91% of turbidity. It had verified that the extract of moringa reduced in 47.5%   the consumed oxygen content and 89% of thermotolerant coliforms (Escherichia coli). These results indicate that the use of moringa has a high potential as a coagulant in the treatment of wastewater, and can serve as a substitute for synthetic chemical coagulants.