QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA DO POVOADO VILA DO CEDRO, MONTES CLAROS-MG

Bionorte

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/bionorte
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 2175-1943
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA DO POVOADO VILA DO CEDRO, MONTES CLAROS-MG

Ano: 2019 | Volume: 8 | Número: Suplemento
Autores: W. C. Silva, P. R. Queiroz, R. A. Ferreira, L. G. Souza, J. T. L. S. Maia
Autor Correspondente: J. T. L. S. Maia | [email protected]

Palavras-chave: Água Doce. Saúde Pública. Análise Parasitológica.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Parte da população brasileira não tem acesso à água tratada, um problema de saúde pública. O objetivo foi avaliar a qualidade físico-química da água de consumo humano no povoado Vila do Cedro, Montes Claros-MG e a relação da água com a saúde da população. Foram coletadas amostras da água do rio, da bomba de captação que faz a distribuição da água para a população, do reservatório de água de duas residências e da torneira de outras duas residências. Foram coletadas também amostras de fezes para análise parasitológica de um morador de cada residência, o qual foi submetido a um questionário abordando o seu perfil de saúde. As amostras de água foram encaminhadas para o Laboratório de Análise de Água e Efluentes, para as análises de pH, condutividade e metais pesados. Os resultados dos exames parasitológicos foram negativos, não se podendo descartar o risco de contaminação dos moradores, uma vez que as amostras de água analisadas, de acordo com os parâmetros utilizados pelo Ministério da Saúde, apresentaram padrão de potabilidade para consumo humano alterados, em relação a ferro, chumbo, coliformes totais e termotolerantes. De acordo com tais resultados, podese concluir que a água que abastece o povoado, encontra-se imprópria para consumo.



Resumo Inglês:

Part of the population has no access to clean water, a problem of public health. The aim was to evaluate the physical and chemical quality of water human consumption in the town of Vila do Cedro, Montes Claros, Minas Gerais and the relationship of water with the health of the population. River water samples were collected, the capture pump that makes the distribution of water to the population, the water reservoir of two residences and water of tap of two other homes. Stool samples were collected for analysis parasitological of a resident of each household, which has undergone a questionnaire addressing your health profile. Water samples were forwarded to the Water Analysis Laboratory and E fluent, for analysis of pH, conductivity and heavy metals. The test results parasitological were negative, cannot rule out the risk of contamination of the residents, as water samples analyzed, according to the parameters used by the Ministry of Health, in Brazil, presented potability standards changed for human consumption incompared to iron, lead, total and fecal coliforms. According these results it can be concluded that the water that supplies the village it is unfit for consumption.