PREVALÊNCIA DE LESÕES CERVICAIS NÃO CARIOSAS EM ACADÊMICOS DE ODONTOLOGIA

Bionorte

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/bionorte
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 2175-1943
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

PREVALÊNCIA DE LESÕES CERVICAIS NÃO CARIOSAS EM ACADÊMICOS DE ODONTOLOGIA

Ano: 2020 | Volume: 9 | Número: 2
Autores: E. F. S. Souto, M. A. Y. Pereira, A. M. E. B. L. Martins, D. C. Mendes, J. E. Nascimento, S. A. S. Torres
Autor Correspondente: S. A. S. Torres | [email protected]

Palavras-chave: erosão dentária, colo do dente, biocorrosão

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivo: avaliar a prevalência de lesões cervicais não cariosas (LCNCs) em acadêmicos de Odontologia de uma faculdade particular do Norte de Minas   Gerais. Materiais   e   Métodos: para   isso,   foi   aplicado   um questionário sobre  hábitos  nutricionais  e  higiene  oral,  seguida  de  uma avaliação   clínica   daqueles   que   possuíam   LCNCs   com   avaliadores previamente calibrados.A amostra foi composta por 348 acadêmicos, do 4º   ao 9º   períodos –sendo   que   175   acadêmicos   responderam   ao questionário e 17 apresentaram LCNCs. O presente trabalho foi aprovado pelo  comitê  de  ética  em  pesquisa  sob  o  parecer 2.000.236. Resultados: não  houve  diferença  significativa  quanto  ao  sexo  dos  entrevistados, havendo  maior  concentração  de  LCNC  nos  acadêmicos  do  9º  período, cerca   de   72,73%   do   total   de   indivíduos   avaliados.   Houve   maior concentração  de  lesões  em  indivíduos  entre  18  e  25  anos,  cerca  de 81,82%  do  total da  amostra. Conclusão: o estudo,  então, reforça  que  as LCNCs  são  multifatoriais.  Desse  modo,  tanto  a  dieta  quanto  os  hábitos parafuncionais   podem   influenciar   no   acometimento/agravamento   das lesões –as quais são presentes entre os acadêmicos objetos desse estudo.



Resumo Inglês:

Objective:to  evaluate  the  prevalence  of  non-carious  cervical  lesions (NCCLs) in Dentistry students froma private college in Northern Minas Gerais. Materials  and  Methods:a  questionnaire  on  nutritional  habits and  oral hygiene was applied,  followed  by a  clinical evaluation of those who  had  NCCLs  with  previously  calibrated  evaluators.  The  sample consisted of348 students, from the 4th to the 9th semesters;175 students answered  the  questionnaire  and  17  presented  NCCLs.  The  present  work was   approved   by   the Research Ethics Committee   under number2.000.236. Results:there was no significant difference regarding the sex of the interviewees, with a higher concentration of NCCLsinthe students of  the  9th semester, approximately72.73%  of  the  total  number  of individuals  evaluated.  There  was  a  higher  concentration  of  injuries  in individuals  between  18  and  25  years  old, approximately81.82%  of  the total   sample. Conclusion:the   studyreinforces   that   NCCLs   are multifactorial. Hence,  both  diet  and  parafunctional  habits  can  influence the involvement/worsening of injuries,which are present among studentswho are the object of this study.