Polinização de Lantana fucata Lindley (Verbenaceae) por Parides ascanius Cramer (Lepidoptera: Papilionidae) na Restinga de Grumari, Rio de Janeiro, RJ

Entomobrasilis

Endereço:
R. Barão de Vassouras, 33 - Sala 07B - Centro
Vassouras / RJ
27700000
Site: https://www.entomobrasilis.org
Telefone: (21) 9938-5953
ISSN: 19830572
Editor Chefe: William Costa Rodrigues
Início Publicação: 31/03/2008
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Zoologia, Área de Estudo: Ecologia, Área de Estudo: Zoologia

Polinização de Lantana fucata Lindley (Verbenaceae) por Parides ascanius Cramer (Lepidoptera: Papilionidae) na Restinga de Grumari, Rio de Janeiro, RJ

Ano: 2011 | Volume: 4 | Número: 1
Autores: Fábio Castro Verçoza, Roberta Ferreira Bion
Autor Correspondente: Fábio Castro Verçoza | [email protected]

Palavras-chave: biologia floral, borboletas, fenologia, psicofilia

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este estudo teve como objetivo investigar a dinâmica da polinização de Lantana fucata Lindley por Parides ascanius Cramer na restinga da
Área de Proteção Ambiental de Grumari, localizada na região oeste do município do Rio de Janeiro. O estudo foi desenvolvido entre janeiro a dezembro
de 2009, registrando-se o período de floração, o número de flores abertas por dia e dados sobre a morfologia, cor e odor das flores. A ocorrência de
visitantes florais foi registrada ao longo do dia, observando-se o horário de visita e o comportamento intra-floral desempenhado. As flores de L. fucata
são organizadas em capítulos e possuem antese diurna, iniciando às 6 horas e terminando às 17 horas. As flores medem 1,0 cm de comprimento, são
de cor lilás, tubulosas e exalam odor suave e agradável. A espécie possui floração contínua e apresenta atributos florais típicos da psicofilia (polinização
por borboletas). As borboletas observadas visitando as flores de L. fucata foram Mechanitis polymnia Bates “casa-branca”, P. ascanius “borboletada-
praia” e Mimoides lysithous harrisianus Swainson “falsa-borboleta-da-praia”. Destas, P. ascanius se destacou como polinizador efetivo devido
à assiduidade de visitas às flores durante o ano inteiro. O presente estudo evidencia a relação mutualística existente entre L. fucata e P. ascanius,
estabelecida entre a oferta de néctar como recurso alimentar à borboleta, enquanto que esta é responsável pela polinização das flores e pela formação
de frutos e sementes.



Resumo Inglês:

This study investigated the dynamics of pollination of Lantana fucata Lindley by Parides ascanius Cramer in the restinga place of
Environmental Protection Area of Grumari, located in western Rio de Janeiro. The study was conducted from january to december 2009, recording
the flowering period, the number of open flowers per day and data on morphology, color and odor of flowers. The occurrence of floral visitors was
recorded throughout the day, observing the time of visit and conduct intra-floral played. The flowers of L. fucata are organized into chapters and have
diurnal anthesis, starting at 6 am and ending as 5 pm. The flowers are 1.0 cm in length, are colored purple, tubular and exude odor mild and pleasant.
The species has a continuous flowering and has floral attributes typical of psicophily (pollination by butterflies). Butterflies observed visiting flowers
of L. fucata were Mechanitis polymnia Bates, P. ascanius Cramer and Mimoides lysithous harrisianus Swainson. Of these, P. ascanius stood out as
effective pollinator because of the attendance of visits to flowers during the whole year. This study highlights the mutualistic relationship between L.
fucata and P. ascanius established between the supply of nectar as a food resource to the butterfly, while this is responsible for pollinating the flowers
and the formation of fruits and seeds.