PERCEPÇÕES E REAÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS FRENTE ÀS EMOÇÕES NA AULA DE MATEMÁTICA

Revista Binacional Brasil-Argentina

Endereço:
Praça Sá Barreto - s/n - Centro
Vitória da Conquista / BA
45000625
Site: http://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/index
Telefone: (77) 3421-3894
ISSN: 2316-1205
Editor Chefe: José Rubens Mascarenhas de Almeida
Início Publicação: 30/06/2012
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Multidisciplinar

PERCEPÇÕES E REAÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS FRENTE ÀS EMOÇÕES NA AULA DE MATEMÁTICA

Ano: 2019 | Volume: 8 | Número: 2
Autores: T. C. R. S. Gusmão, M. C. F. Doria, J. E. R. Silva
Autor Correspondente: T. C. R. S. Gusmão | [email protected]

Palavras-chave: Educação Matemática, Ensino-aprendizagem, Relação Professor-aluno, Emoções.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente artigo objetiva investigar as percepções e reações de professores  e  alunos  frente  às  emoções  na  aula  de  matemática, bem  como  fazer  o  confronto  de  suas  percepções  e  reações. Participaram  desta  pesquisa  nove  professores  de  matemática  do ensino  fundamental  e  médio  e  seus  respectivos  alunos  de  três escolas  particulares  euma  pública  do  município  de  Vitória  da Conquista –Bahia, Brasil. Dentro de uma abordagem qualitativa os  dadosforam  analisados  à  luz  do  referencial  teórico  sobre emoções.  Professores  e  alunos  não  somente  revelaram  suas percepções e reações,  como  também, oque  provocaram  as emoções e quais foram as mais facilmente reconhecidas.



Resumo Espanhol:

Este  artículo  tiene  como  objetivo  investigar  las  percepciones  y reacciones  de profesores  y  alumnos  hacia  las  emociones  en  la clase  de  matemáticas,  así  como  comparar  sus  percepciones  y reacciones.  Nueve  profesores  de  matemáticas  de  primaria  y secundaria y sus respectivos alumnos de tres escuelas privadas y una  escuela  pública  en  la  ciudad  de  Vitória  da  Conquista – Bahía, Brasil,  participaron  en  esta  investigación.  Dentro  de  un enfoque  cualitativo,  los  datos  se  analizaron  a  la  luz  del  marco teórico  sobre  las  emociones.  Los  professores  y  los  alumnos  no solo revelaron  sus  percepciones  y reacciones,  sino  también  qué provocó  las  emociones  y  cuáles  fueron  las  más  fáciles  de reconocer.