Interpretação de música para Língua de sinais:público-alvo surdo e aspectos culturais em foco

Interfaces

Endereço:
Av. Pedro Calmon, 500 Edifício da Reitoria/térreo
Rio de Janeiro / RJ
21941-901
Site: http://www.cla.ufrj.br/index.php/2013-06-07-14-47-23/revista-interfaces/ultimo-numero
Telefone: (21) 3938-1703
ISSN: 15160033
Editor Chefe: Fabiano Dalla Bona
Início Publicação: 31/03/1995
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Artes, Área de Estudo: Letras, Área de Estudo: Linguística, Área de Estudo: Multidisciplinar

Interpretação de música para Língua de sinais:público-alvo surdo e aspectos culturais em foco

Ano: 2016 | Volume: 1 | Número: 24
Autores: N. S. Rigo
Autor Correspondente: N. S. Rigo | [email protected]

Palavras-chave: Interpretação, Música, Língua de Sinais, Público-alvo surdo, Cultura

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A circulação das pessoas surdas nos diferentes espaços sociais sugere a presença do
intérprete de língua de sinais, profissional que, além de viabilizar a comunicação entre surdos
e ouvintes, medeia as diferentes culturas em contato. O acesso do público surdo a museus, teatros,
casas de espetáculo, shows, etc. é crescente e, consequentemente, a atuação do intérprete
ocorre nesses contextos. Este artigo aborda a prática de interpretação de músicas – realizada em
muitos desses contextos – e tem como objetivo apresentar registros e discussões sobre o público-alvo
surdo e sua cultura, bem como as relações e os pensares desses sujeitos acerca da música
enquanto manifestação cultural assimilada. As referências que embasam as reflexões deste trabalho
compreendem o campo dos Estudos Surdos e das Línguas de Sinais em interface, dando voz,
sobretudo, a autores e pesquisadores surdos. Com este trabalho, busca-se avançar nas discussões
a respeito das práticas desempenhadas pelos intérpretes de língua de sinais, em especial, da interpretação
artística que implica em manifestações culturais distintas e, portanto, num olhar mais
atento ao público-alvo surdo e seus aspectos culturais envolvidos.



Resumo Inglês:

The circulation of deaf people in different social spaces suggests the presence of the sign
language interpreter – a professional who, in addition to enabling communication between deaf and
hearing, mediates different cultures in contact. The access of deaf audience to museums, theaters,
concert halls, music concerts, etc. is increasing, and so is the performance of SL interpreters in these
contexts. This article discusses the practice of interpreting songs – held in these contexts – and aims
to present data regarding deaf people and their culture, as well as the relationships and thoughts
of these individuals about music as an assimilated cultural manifestation. The references that supported
this work include the interface of fields such as Deaf and Sign Language Studies, giving voice,
above all, to deaf authors and researchers. With this work we seek to advance the discussions about
the practices performed by sign language interpreters, in particular the artistic interpretation that
implies distinct cultural expressions and, therefore, a closer look at the deaf the deaf audience and
their cultural aspects.