INSERÇÃO SOCIAL DO IFRS - CAMPUS ERECHIM POR MEIO DAS SUAS AÇÕES DE EXTENSÃO

Expressa Extensão

Endereço:
Rua Gomes Carneiro, 1 - Centro
Pelotas / RS
96010-610
Site: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao
Telefone: (53) 3284-3992
ISSN: 2358-8195
Editor Chefe: Paula Garcia Lima
Início Publicação: 31/05/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

INSERÇÃO SOCIAL DO IFRS - CAMPUS ERECHIM POR MEIO DAS SUAS AÇÕES DE EXTENSÃO

Ano: 2019 | Volume: 24 | Número: 3
Autores: Meroli Saccardo dos Santos, Rógis Juarez Bernardy
Autor Correspondente: Expressa Extensão | [email protected]

Palavras-chave: Extensão, Sociedade, Dimensões acadêmicas.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A pesquisa versa sobre as ações de extensão desenvolvidas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Erechim (RS) e cadastrados no SIGProj de 2010 a 2015, com o objetivo de analisá-las a partir de seu posicionamento junto à sociedade e sua interação com as demais dimensões acadêmicas. Insere-se em uma abordagem descritiva com enfoque de pesquisa qualitativa e a estratégia de pesquisa, se enquadra como estudo de caso único, com base no Campus Erechim do IFRS. Observou-se que as ações de extensão, mesmo que implicitamente, desenvolvem-se dentro de um modelo mercantilista de extensão, dando pouca evidência a projetos de atendimento as demandas sociais, valorização cultural, troca de saberes entre a instituição e comunidade e articulação com o ensino e a pesquisa.



Resumo Inglês:

The research verse about the extension actions developed at the Federal Institute of Education, Science and Technology of Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Erechim (RS) and registered in the SIGProj from 2010 to 2015. The goal is to analyze the extension actions from their positioning with the society and their interaction with the other academic dimensions. It is inserted into a descriptive approach with qualitative research focus and the research strategy, with single case study, based on the Erechim Campus of IFRS. It is possible to observe that extension actions have been developed, even if implicitly, from on one of the mercantilist model of extension, giving little evidence to projects to meet social demands, cultural appreciation, exchange of know-how between the institution and the community and the articulation with teaching and research.