FREQUÊNCIA DE AGLUTININAS ANTI-Brucella canis EM CÃES NO MUNICÍPIO DE MURICI, ESTADO DE ALAGOAS, NORDESTE DO BRASIL

Environmental Smoke

Endereço:
Rua Comerciante Antônio de Souza Lima, 25 - Mangabeira
João Pessoa / PB
58055-060
Site: https://www.environmentalsmoke.com.br
Telefone: (83) 2177-7648
ISSN: 2595-5527
Editor Chefe: Dimitri de Araujo Costa
Início Publicação: 12/08/2018
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Agrárias, Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Ciências Exatas, Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Engenharias, Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Multidisciplinar

FREQUÊNCIA DE AGLUTININAS ANTI-Brucella canis EM CÃES NO MUNICÍPIO DE MURICI, ESTADO DE ALAGOAS, NORDESTE DO BRASIL

Ano: 2019 | Volume: 2 | Número: 3
Autores: Cynara Nunes Lino da Silva, José Andreey Almeida Teles, Francisco Feliciano da Silva Júnior, Gil Dutra Furtado
Autor Correspondente: José Andreey Almeida Teles | [email protected]

Palavras-chave: Brucellosis, IDGA, Anthropozoonosis, Canine

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A brucelose canina é uma enfermidade infecto-contagiosa, crônica que acomete mamíferos em geral. Tem como agente etiológico a espécie Brucella canis, no entanto, a espécie B. abortus também pode acometê-los. Pode apresentar sinais clínicos como prolongada bacteremia sem febre, perda no brilho do pelo, linfoadenopatia generalizada e inapetência, nos machos orquite, epididimite e prostatite, visto que trata-se também de uma antropozoonose. A realização de testes sorológicos é necessária para a detecção desses agentes sendo, o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA), a prova de eleição no diagnóstico da B. canis. Objetivou-se identificar a frequência de aglutininas anti-B. canis em cães no município de Murici, Estado de Alagoas, Brasil. Foram testadas 200 amostras de soro canino, das quais 06 (3%) mostraram-se positivas no teste e 194 (97%) foram negativas. Os dados encontrados confirmam a presença da doença no referido município. Ações emanadas do poder público devem ser executadas no sentido de identificar os focos da doença e erradicá-los.



Resumo Inglês:

Canine Brucellosis is an infectious disease, chronic that affects mammals in general. Its etiologic agent the species Brucella canis, however, the species B. abortus can also afflict them. May show clinical signs such as prolonged bacteremia without fever, loss in brightness by, generalized lymphadenopathy and lack of appetite in males orchitis, epididymitis and prostatitis, as this is also a anthropozoonosis. The serological tests is required to detect these agents being, the immunodiffusion test in agar gel (AGID) test of choice in the diagnosis of B. canis. This study aimed to identify the frequency of anti-B. canis agglutinins in dogs in the municipality of Murici, Alagoas State, Brazil. 200 samples were tested in canine serum, of which 06 (3%) were positive in the test and 194 (97%) were negative. Our data confirm the presence of the disease in the municipality. issued shares of public power must be performed in order to identify outbreaks and eradicate them.



Resumo Espanhol:

La brucelosis canina es una enfermedad infecciosa crónica que afecta a los mamíferos en general. Su agente etiológico es la especie Brucella canis, sin embargo, la especie B. abortus también puede afectarlos. Puede presentar signos clínicos como bacteriemia prolongada sin fiebre, pérdida de brillo capilar, linfadenopatía generalizada e inapetencia en varones, orquitis, epididimitis y prostatitis, como también es antropozoonosis. Las pruebas serológicas son necesarias para la detección de estos agentes y la prueba de inmunodifusión en gel de agar (IDGA) es la prueba de elección en el diagnóstico de B. canis. El objetivo de este estudio fue identificar la frecuencia de las aglutininas anti-B. canis en perros en Murici, Estado de Alagoas, Brasil. Se analizaron 200 muestras de suero canino, de las cuales 06 (3%) fueron positivas en la prueba y 194 (97%) fueron negativas. Los datos encontrados confirman la presencia de la enfermedad en el municipio referido. Las acciones que emanan del poder público deben realizarse para identificar los brotes de la enfermedad y erradicarlos.