A FORMAÇÃO INICIAL DO(A)PROFESSOR(A)DE GEOGRAFIA: UM ESTUDO DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO SER PROFESSOR(A)

Colloquium Humanarum

Endereço:
Rod. Raposo Tavares, km 572
Presidente Prudente / SP
19067175
Site: http://journal.unoeste.br/index.php/ch
Telefone: (18) 3229-2079
ISSN: 18098207
Editor Chefe: RICARDO ELEUTÉRIO DOS ANJOS
Início Publicação: 30/11/2003
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Educação

A FORMAÇÃO INICIAL DO(A)PROFESSOR(A)DE GEOGRAFIA: UM ESTUDO DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO SER PROFESSOR(A)

Ano: 2020 | Volume: 17 | Número: 1
Autores: Cláudia Valéria Rosa da Silva,Rejane Dias da Silva
Autor Correspondente: Cláudia Valéria Rosa da Silva | [email protected]

Palavras-chave: Formação inicial de Professores; Geografia.Representações Sociais; Licenciandos

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo apresenta parte dos resultados dapesquisarealizada no mestrado em educação, no qual foram investigadasas representações sociais dos licenciandos(as)de geografia sobre o ser professor(a). Essa pesquisa teve por objetivo compreender as representações sociais dos licenciandos(as) em geografia acerca do ser professor(a) dessa disciplina.Para tal, buscou-se identificar o campo semântico das representações sociais dos licenciandos(as) e a estrutura interna de tais representações. Para alcançarmos os referidos objetivos, tomamos comoaporte teórico-metodológico a Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 1961), bem como a abordagem estrutural (ABRIC, 1994). Utilizamos como instrumentos de coleta de dados questionário de associação livre de palavras e entrevista semiestruturada.Para análise dos dados,fizemos uso do softwareIramuteq e da técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 1977). Participaram como sujeitos da pesquisa 149 licenciandos(as)em geografia de duas instituições federais de ensino superior da Região Metropolitana do Recife (RMR). Como resultados encontrados temos as representações sociais dos(as)licenciandos(as)em geografia se inserindo em quatro categorias: disciplinar, pedagógica, afetiva e profissional,sendo a categoria disciplinar e pedagógica asque possuemmaior expressividade. Esses resultados não esgotam as discussões acerca das representações sociais do ser professor(a), na realidade são propositivos para o desenvolvimento de novas pesquisas que pensem a respeito da formação inicial do professor de geografia.



Resumo Inglês:

This article presents part of the results of the research carried out in the master's degree in education, in which the social representations of geography graduates about being a teacher were investigated. This research aimed to understand the social representations of undergraduate students in geography about being a teacher in this discipline. To this end, we sought to identify the semantic field of the social representations of the graduates and the internal structure of such representations. To achievethese objectives, we used the Theory of Social Representations as a theoretical-methodological approach (MOSCOVICI, 1961), as well as the structural approach (ABRIC, 1994). We used as instruments of data collection questionnaire of free association of words and semi-structured interview. For data analysis, we used the Iramuteq software and the content analysis technique (BARDIN, 1977). 149 research subjects in geography from two federal higher education institutions in the Metropolitan Region of Recife (RMR) participated as research subjects. As results found we have the social representations of the undergraduate students in geography falling into four categories: disciplinary, pedagogical, affective and professional, with the disciplinary and pedagogical category having the greatest expressiveness. These results do not exhaust the discussions about the social representations of being a teacher, in reality they are propositional for the development of new researches that think about the initial formation ofthe geography teacher.