Expansão agropecuária: o efeito sobre a vegetação e o microclima

Revista Verde De Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável

Endereço:
Rua Jairo Vieira Feitosa nº 1770 Bairro Pereiros
Pombal / PB
58840-000
Site: http://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/index
Telefone: (83) 9962-0456
ISSN: 1981-8203
Editor Chefe: Anderson Bruno Anacleto de Andrade
Início Publicação: 31/12/2005
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Engenharia Agrícola, Área de Estudo: Medicina Veterinária, Área de Estudo: Recursos Florestais e Engenharia Florestal, Área de Estudo: Zootecnia, Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Engenharias, Área de Estudo: Multidisciplinar

Expansão agropecuária: o efeito sobre a vegetação e o microclima

Ano: 2019 | Volume: 14 | Número: 4
Autores: Nathan Castro Fonsêca, Jéssica Stéfane Alves da Cunha, José Alberes Santos da Cunha, Lúcia dos Santos Rodrigues, Isabela Souto Maior Belém
Autor Correspondente: Nathan Castro Fonsêca | [email protected]

Palavras-chave: Bem-estar humano, mudanças climáticas, desmatamento.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A pressão sobre os recursos naturais para fins de atividades agropecuárias tem causado alterações e perdas de serviços ecossistêmicos essenciais ao bem-estar das populações. Objetivou-se avaliar a influência do desmatamento sob as alterações climáticas em áreas de exploração agropecuária do município de Currais-PI. Realizou-se uma análise espaço-temporal do uso e cobertura do solo no município, numa serie temporal de 32 anos (1986 a 2018), correlacionando com variáveis meteorológicas. Para realizar a análise espaço-temporal foram utilizadas imagens do Satélite Landsat 5 e Landsat 8, adquiridas gratuitamente no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) entre os meses de junho e outubro. Os dados meteorológicos (temperatura máxima média, umidade relativa e precipitação total) foram obtidos no site do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). No período de estudo houve um decréscimo de 15,90% da vegetação nativa, e simultaneamente ocorreram alterações no microclima, com aumento de 2,06°C na temperatura e diminuição de 25% da umidade relativa. A progressiva pressão sobre a vegetação nativa para uso e ocupação do solo causou rápidas alterações na paisagem natural e no microclima da região.



Resumo Inglês:

The pressure on natural resources for agriculture and livestock activities has caused changes and losses of ecosystem services essential to the well-being of populations. The aim of this study was to evaluate the influence of deforestation on climate change in areas of agriculture and livestock exploitation in the city of Currais-PI. A space time analysis of land use and land cover in the municipality was carried out over a 32-year time series (1986 to 2018), correlating with meteorological variables. To perform the space time analysis Landsat 5 and Landsat 8 satellite images were used, acquired free of charge from the National Institute for Space Research (INPE), between june and october. Meteorological data (mean maximum temperature, relative humidity and total precipitation) were obtained from the website of the National Institute of Meteorology (INMET). During the study period there was a decrease of 15.90% of the native vegetation and simultaneously changes in the microclimate, with a 2.06 °C increase in temperature and a 25% decrease in relative humidity. The progressive pressure on native vegetation for land use and land cover caused quick changes in the natural landscape and microclimate of the region.