Epidemiologia da leishmaniose canina no município de Pedro II, Piauí, entre os anos de 2013 e 2019

Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza

Endereço:
Rua Sergio Moreira de Figueiredo - UFCG/CFP/UACEN - Casas Populares
Cajazeiras / PB
58900000
Site: http://revistas.ufcg.edu.br/cfp/index.php/RPECEN
Telefone: (83) 9900-3676
ISSN: 2526-8236
Editor Chefe: Silvio Felipe Barbosa de Lima, Heydson Henrique Brito da Silva, Eudes Leite de Lima, Carlos Davidson Pinheiro
Início Publicação: 10/06/2017
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

Epidemiologia da leishmaniose canina no município de Pedro II, Piauí, entre os anos de 2013 e 2019

Ano: 2021 | Volume: 5 | Número: Não se aplica
Autores: Lucimary do Nascimento, Etielle Barroso de Andrade
Autor Correspondente: E. B. Andrade | [email protected]

Palavras-chave: Zoonose, epidemiologia, leishmaniose visceral, flebotomíneos, saúde pública

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A leishmaniose é um grave problema de saúde pública e os cães são considerados como a principal fonte de infecção em áreas urbanas. O município de Pedro II possui grande número de casos de leishmaniose humana, mas não há divulgação sobre a doença em cães. Aqui, determinamos a ocorrência de leishmaniose canina nas zonas urbana e rural do município de Pedro II, estado do Piauí, entre 2013 e 2019. Os dados foram fornecidos pela Coordenação de Controle de Endemias do município. Foram registrados 899 casos caninos da doença, dos quais 51% ocorreram na zona urbana, principalmente nos bairros próximos às áreas de vegetação. Do total, 287 cães foram eutanasiados representando uma taxa de eliminação de 32%. Os anos de 2018 e 2019 apresentaram os maiores números de casos. Apesar de não haver correlação entre o número de cães infectados e os casos em humanos, Pedro II possui um elevado número de cães infectados, além de áreas favoráveis ao desenvolvimento do vetor. Assim, apresentamos informações básicas sobre a leishmaniose canina no município que podem ser usadas para direcionar medidas de controle e proteção dos animais e humanos, além de contribuir com informações da leishmaniose na região norte do estado.



Resumo Inglês:

Leishmaniasis is a serious public health problem and dogs are the main source of infection in urban areas. The municipality of Pedro II has a large number of human leishmaniasis cases, but there is no divulgation about the disease in dogs. Herein, we determined the occurrence of canine leishmaniasis in the urban and rural areas of the Pedro II municipality, state of Piauí, between 2013 and 2019. The data were provided by the municipality's Endemic Control Coordination. We recorded 899 cases of canine leishmaniasis, of which 51% occurred in the urban area, mainly in neighbourhoods close to vegetation areas. Of the total, 287 dogs were euthanized representing a 32% elimination rate. The years 2018 and 2019 had the highest number of cases. Although there is no correlation between canine and human leishmaniasis, the Pedro II municipality has a high number of infected dogs, in addition to areas favourable to the vector development. Thus, we present basic information about canine leishmaniasis in the Pedro II municipality that can be used to directly control and protection measures for animals and humans, in addition to contributing with information on leishmaniasis in the northern region of the state.