DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL E PRODUTIVO DE PECUARISTAS FAMILIARES E IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES DE EXTENSÃO

Expressa Extensão

Endereço:
Rua Gomes Carneiro, 1 - Centro
Pelotas / RS
96010-610
Site: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao
Telefone: (53) 3284-3992
ISSN: 2358-8195
Editor Chefe: Paula Garcia Lima
Início Publicação: 31/05/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL E PRODUTIVO DE PECUARISTAS FAMILIARES E IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES DE EXTENSÃO

Ano: 2019 | Volume: 24 | Número: 2
Autores: Lucas Sales Vieira, William Madeira de Quadros, Renan Silveira Sônego, Guilherme Joner, Luciane Rumpel Segabinazzi, Camila Aparecida Tolentino Cicuto
Autor Correspondente: Lucas Sales Vieira | [email protected]

Palavras-chave: campanha gaúcha, native grassland, family livestock farmers, public policies, ruminant production, family succession

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O distanciamento das comunidades rurais dificulta a aproximação dos centros de pesquisa com os conhecimentos produzidos nestes locais. Nesta perspectiva, o objetivo deste trabalho foi implementar ações extensionistas e realizar um diagnóstico socioambiental e produtivo de propriedades familiares de uma localidade da campanha gaúcha no município de Dom Pedrito/ RS. Para isso, foi aplicado um questionário que considerou questões sociais, produtivas e ambientais. A aplicação do questionário foi realizada por meio de visitas da equipe executora nas propriedades familiares. Dos respondentes (n=6), somente um não possui propriedade constituída por campo nativo para produção de proteína animal. A falta de infraestrutura básica foi percebida em algumas propriedades pela falta de energia elétrica (n=2) e água tratada (n=5). Além disso, verificou-se que a localidade ainda apresenta a predominância de indivíduos com idade superior a 50 anos. O diálogo durante as visitas permitiu o acompanhamento de cada propriedade, possibilitando possíveis ações para cada sistema de produção familiar. Com a sumarização dos diagnósticos criou-se, na comunidade, uma unidade de teste e demonstração com adequado manejo do campo nativo. Por fim, o diálogo com os pecuaristas familiares evidenciou que eles estão desatendidos quanto à implementação de políticas públicas, ocasionando a saída da juventude rural para a cidade em busca de melhor qualidade de vida.



Resumo Inglês:

The distancing of the rural communities makes it difficult to approach the research centers with the knowledge produced in these places. In this perspective, the objective of this work was to implement extensionist actions and to carry out a socioenvironmental and productive diagnosis of family properties of a locality of the campanha gaúcha in the municipality of Dom Pedrito/RS. For this, a questionnaire was applied that considered social, productive and environmental issues. The application of the questionnaire was carried out through visits of the executor team in the family farms. Of the respondents (n=6) only one does not have land constituted by native grassland for production of animal protein. The lack of basic infrastructure was noticed in some properties due to lack of electrical energy (n=2) and treated water (n=5). In addition, it was verified that the locality still presents the predominance of individuals older than 50 years. The dialogue during the visits allowed the monitoring of each farm, allowing possible actions for each family production system. With the summarization of the diagnoses, a test and demonstration unit with proper management of the native grassland was created in the community. Ultimately, the dialogue with the family livestock farmers showed that they are neglected in the implementation of public policies, causing the rural youth to leave the urban center in search of better quality of life.