COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA: O PAPEL DO BACHARELADO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO CONTEXTO DAS CIDADES-IRMÃS DE PELOTAS-RS

Expressa Extensão

Endereço:
Rua Gomes Carneiro, 1 - Centro
Pelotas / RS
96010-610
Site: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao
Telefone: (53) 3284-3992
ISSN: 2358-8195
Editor Chefe: Paula Garcia Lima
Início Publicação: 31/05/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA: O PAPEL DO BACHARELADO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO CONTEXTO DAS CIDADES-IRMÃS DE PELOTAS-RS

Ano: 2022 | Volume: 27 | Número: 1
Autores: Silvana Schimanski
Autor Correspondente: Expressa Extensão | [email protected]

Palavras-chave: cooperação internacional descentralizada; cidades-irmãs; relações internacionais.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste ensaio é demonstrar que o curso de Bacharelado em Relações Internacionais da UFPel pode contribuir com o fortalecimento das ações internacionais do município de Pelotas-RS, ao promover oportunidades para seus discentes. O curso é relativamente recente na instituição, estabelecido no ano de 2010, fruto das políticas de expansão e interiorização universitária no Brasil. O estabelecimento dos cursos de Relações Internacionais para além dos grandes centros urbanos trouxe consigo o desafio da promoção de atividades alinhadas ao seu eixo profissional. Entende-se que as ações de cooperação internacional descentralizada representam significativas oportunidades, uma vez que pressupõem atividades com interface internacional de entes sub-estatais (municípios, estados, entre outros). Por meio da abordagem qualitativa, fontes primárias e secundárias e finalidade exploratória, o texto deste ensaio é dividido em duas partes. A primeira apresenta o conceito de cooperação internacional descentralizada, com foco nos arranjos de cidades-irmãs. A segunda apresenta as cidades-irmãs do município de Pelotas-RS, como uma das inexploradas oportunidades de viabilizar atividades de extensão universitária. De uma forma geral, é possível concluir que ações relacionadas ao tema têm o potencial de contribuir tanto para o desenvolvimento das habilidades e competências profissionais dos futuros bacharéis em Relações Internacionais quanto para a promoção das discussões sobre gestão pública internacionalizada no município.