As contribuições da pluralidade metodológica na temática adolescência e gravidez

Revista Sítio Novo

Endereço:
202 Sul, Avenida Joaquim Teotônio Segurado, ACSU-SE 20, Conjunto 1, Lote 8 - Reitoria do IFTO - Plano Diretor Sul
Palmas / TO
77020450
Site: http://sitionovo.ifto.edu.br
Telefone: (63) 3224-2214
ISSN: 2594-7036
Editor Chefe: Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Início Publicação: 19/10/2017
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

As contribuições da pluralidade metodológica na temática adolescência e gravidez

Ano: 2019 | Volume: 3 | Número: 2
Autores: Marcelo Alberto Elias, Valentin Furtonato Bonelli Neto
Autor Correspondente: Marcelo Alberto Elias | [email protected]

Palavras-chave: Educação para a sexualidade, gravidez na adolescência, pluralidade metodológica

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A abordagem de temáticas relacionadas à saúde na escola encontra-se muitas vezes saturadas, não pela necessidade do tema, e sim pela limitação metodológica utilizada para esse fim. Metodologias variadas são intensamente indicadas em todo processo de escolarização e também deveriam ser em ações de saúde. Assim, o presente trabalho teve como objetivo investigar a colaboração da pluralidade metodológica na abordagem adolescência e gravidez. Para isso, foi escolhida uma escola da educação básica, localizada na cidade de Gaspar – SC, que contava, no momento da pesquisa, em 2017, com cerca de 400 alunos. Participaram da pesquisa cerca de 90 estudantes do oitavo ano do ensino fundamental, os quais foram envolvidos em uma série de atividades diversificadas para trabalhar a temática proposta. As intervenções didáticas ocorreram em especial nas aulas de ciências, porém, houve muitos momentos de interdisciplinaridade. Os resultados foram analisados de maneira qualitativa e expressaram uma grande mobilização, entusiasmo e interesse por parte dos estudantes. Assim, a presente pesquisa sugere que a pluralidade metodológica deve ser uma ferramenta importante também em abordagens transversais, em especial na promoção da saúde.



Resumo Inglês:

The approach of health-related themes in school is often saturated, not because of the need for the theme but because of the methodological limitation used for this purpose. Varied methodologies are strongly indicated in every schooling process and should also be in health actions. Thus, the present study aimed to investigate the collaboration of methodological plurality in the approach to pregnancy and adolescence. For this purpose, a Basic Education School was chosen, located in the city of Gaspar - SC, which counted about 400 students in the academic year of 2017. About 90 students from the eighth year of elementary school participated in the study, where they were involved in a series of diversified activities to work on the proposed theme, didactic interventions occurred especially in science classes, but there were many moments of interdisciplinarity. The results were analyzed qualitatively and expressed a great mobilization, enthusiasm and interest on the part of the students. Thus the present research suggests that methodological plurality should be an important tool also in transversal approaches, especially in the promotion of health.