Chironomidae (Diptera) do Estado do Tocantins, Brasil

Entomobrasilis

Endereço:
R. Barão de Vassouras, 33 - Sala 07B - Centro
Vassouras / RJ
27700000
Site: https://www.entomobrasilis.org
Telefone: (21) 9938-5953
ISSN: 19830572
Editor Chefe: William Costa Rodrigues
Início Publicação: 31/03/2008
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Zoologia, Área de Estudo: Ecologia, Área de Estudo: Zoologia

Chironomidae (Diptera) do Estado do Tocantins, Brasil

Ano: 2012 | Volume: 5 | Número: 1
Autores: Emiliano De Angelis Reis, Arlindo Serpa Filho, Verônica Marchon Silva
Autor Correspondente: Emiliano De Angelis Reis | [email protected]

Palavras-chave: [email protected]

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Inventariou-se a fauna de Chironomidae presente no sul do estado do Tocantins, Brasil. Foram realizadas seis coletas bimestrais em 45 locais
de coleta com características lóticas no ano de 2006. O material foi coletado manualmente em diversos ambientes, onde verificou-se a abundância
e a constância de Chironomidae. A partir do material coletado identificou-se 511 espécimes, montados em lâminas permanentes. Registramos a
ocorrência de 30 gêneros distribuídos em três subfamílias (Chironominae, Orthocladiinae e Tanypodinae). Orthocladiinae foi a mais abundante
constituindo 55% do total das larvas identificadas. Cricotopus foi o gênero mais abundante, representando 35,20% das larvas totais identificadas,
seguido de Thienemanniella 14,85%, Rheotanytarsus 13,65% e Polypedilum 11,90%. A subfamília que apresentou o maior número de gêneros foi
Chironominae com 18. O local de coleta mais abundante foi ENP1 com 70 espécimes, seguido de ENPN15 com 65. Os locais ENPN14 e ENP1 foram os
que apresentaram o maior número de gêneros, com 11 em cada, ENP1 apresentou o maior número de gêneros acessórios com seis, seguido de EN147
com três gêneros acessórios. Neste estudo não observamos nenhum gênero constante. Todos os gêneros encontrados constituem novas ocorrências
para o estado do Tocantins, sendo que 12, até o momento não possuem espécies descritas para o Brasil.



Resumo Inglês:

Inventoried to Chironomidae fauna in the southern state of Tocantins, Brazil. Were carried out six collections bimonthly on 45 collection
sites with lotic characteristics in 2006. The material was collected manually, at manual sampling in the various environments, where we verified
abundance and constancy of Chironomidae. From the collected material was identified 511 specimens mounted on permanent slides. We recorded
the occurrence of 30 genera distributed in three subfamilies (Chironominae, Orthocladiinae and Tanypodinae). Orthocladiinae was the most
abundant constituting 55% of total identified larvae. Cricotopus was the most abundant, representing 35.20% of the total identified larvae, followed
by Thienemanniella 14.85%, Rheotanytarsus 13.65% and Polypedilum 11.90%. The subfamily with the highest number of genera, was Chironominae
with 18. The most abundant collection site, was ENP1 with 70 specimens, followed by ENPN15 with 65. The collection sites ENPN14 and ENP1 were
those with the greatest number of genera, with 11 genera each, ENP1 had the largest number of accessories genera with six, followed by EN147 with
three accessories genera. In this study we did not observed any constant genera. All genera found are new records for the state of Tocantins, and 12,
have not yet described species for Brazil.