APRENDIZAGEM BASEADA EM PROJETOS: UMA CONTRIBUIÇÃO INTERSECCIONAL E ANTIRRACISTA

Revista em Favor de Igualdade Racial

Endereço:
6637 - Br 364, Km 04 - Distrito Industrial
Rio Branco / AC
Site: https://periodicos.ufac.br/index.php/RFIR/issue/view/155
Telefone: (68) 9974-5156
ISSN: 2595-4911
Editor Chefe: Flávia Rodrigues Lima da Rocha
Início Publicação: 11/05/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Multidisciplinar

APRENDIZAGEM BASEADA EM PROJETOS: UMA CONTRIBUIÇÃO INTERSECCIONAL E ANTIRRACISTA

Ano: 2021 | Volume: 4 | Número: 2
Autores: Augusto Rodrigues de Sousa; Lediane Fani Felzke
Autor Correspondente: Augusto Rodrigues de Sousa | [email protected]

Palavras-chave: lei 10.639/2003, práticas pedagógicas, estratégias de ensino.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo apresenta o processo de construção de seis projetos de ensino em perspectiva interseccional e antirracista, elaborados a partir das considerações propostas nas leis 10.639/2003 e 11.645/2008. Essas leis determinam a obrigatoriedade do ensino de história e cultura africana, afro-brasileira e indígena em todos os níveis de ensino no Brasil, entretanto ainda se notam muitas dificuldades e resistências para sua implementação no cotidiano escolar, dentre as quais a carência de materiais didáticos voltados para essa abordagem. A partir desses pressupostos, foi realizada uma pesquisa participante, no decorrer da qual os alunos envolvidos realizaram, como sujeitos de pesquisa, rodas de conversa, pesquisas bibliográficas e oficinas colaborativas para a construção coletiva dos projetos de ensino como produtos educacionais. Os projetos de ensino produzidos se pautam na herança conceitual das reflexões filosóficas decoloniais e do feminismo negro, em diálogo com as possibilidades politécnicas do modelo pedagógico da aprendizagem baseada em projetos. Como resultado, são oferecidos seis projetos de ensino antirracistas que, partindo da reflexão de mulheres negras, possibilitam a vivência de processos pedagógicos inclusivos, ligados ao cotidiano dos alunos e promotores de autonomia.



Resumo Inglês:

The article presents the process of construction of six teaching projects in an intersectional and anti-racist perspective, elaborated based on the laws 10.639 / 2003 and 11.645 / 2008. These laws determine that teaching African, Afro-Brazilian and indigenous history and culture is mandatory at all levels of education in Brazil. However, there are still difficulties and resistance to the implementation of these laws in school life. Among these difficulties is the lack of teaching materials. For this reason, we conducted a participatory research, in which the students involved conducted conversation circles, bibliographic research and collaborative workshops for the collective construction of the teaching projects presented here. The educational projects elaborated are based on the conceptual capacity of decolonial philosophical reflections and black feminism, in dialogue with the polytechnic possibilities of the pedagogical model of project-based learning. As a result, we offer six anti-racist teaching projects that start with the reflection of black women and enable the experience of inclusive pedagogical processes, linked to the daily lives of studentsand promoters of autonomy.