Análise multidimensional da sustentabilidade em sistemas produtivos de leite em Santana do Livramento, Rio Grande do Sul

Revista Verde De Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável

Endereço:
Rua Jairo Vieira Feitosa nº 1770 Bairro Pereiros
Pombal / PB
58840-000
Site: http://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/index
Telefone: (83) 9962-0456
ISSN: 1981-8203
Editor Chefe: Anderson Bruno Anacleto de Andrade
Início Publicação: 31/12/2005
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Engenharia Agrícola, Área de Estudo: Medicina Veterinária, Área de Estudo: Recursos Florestais e Engenharia Florestal, Área de Estudo: Zootecnia, Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Engenharias, Área de Estudo: Multidisciplinar

Análise multidimensional da sustentabilidade em sistemas produtivos de leite em Santana do Livramento, Rio Grande do Sul

Ano: 2019 | Volume: 14 | Número: 4
Autores: Cassiano Jivago Lemos da Silva, Márcio Zamboni Neske, Cláudio Becker, Anor Aluizio Menine Guedes, Anelisi Inchauspe de Oliveira, Silvana Peres Miotti
Autor Correspondente: Cassiano Jivago Lemos da Silva | [email protected]

Palavras-chave: Agroecologia, pastoreio Racional Voisin, produção leiteira, produção sustentável.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivou-se avaliar a sustentabilidade dos agroecossistemas dedicados à produção de leite no município de Santana do Livramento - RS, como forma de esclarecer resultados ecológicos e socioeconômicos para identificar alternativas de auxilio aos produtores na promoção do desenvolvimento sustentável. A produção de leite no município vem enfrentando diversos problemas, dentre os principais encontram-se o aumento do custo de produção e baixo valor pago pelo produto, que ameaçam o futuro deste segmento produtivo. Avaliou-se a sustentabilidade em quatro unidades produtoras de pecuária leiteira, através da Análise e Diagnóstico dos Sistemas Agrários, para verificar atributos sistêmicos de sustentabilidade em concordância com o Método de Análise Econômico-Ecológica de Agroecossistemas. Verificou-se que os maiores índices de intensidade produtiva foram em sistemas de manejos que respeitam o ambiente, com uso do Pastoreio Racional Voisin, que aumenta a autonomia econômica, além da produtividade, e consequentemente, da renda e autonomia sobre os processos produtivos. Observou-se, que agroecossistemas com maior diversidade produtiva tendem a possuir maiores condições de resposta às adversidades. A desigualdade de gênero na família impede a representatividade das mulheres, que pode ainda, afastar os membros mais jovens da família das atividades produtivas. Ressalta-se que, em nenhuma família há completa satisfação com a atividade produtiva do leite e a renda final, em virtude do aumento dos custos de produção e constates reduções no valor pago pelo litro de leite. Conclui-se que, a sustentabilidade dos agroecossistemas e a promoção do desenvolvimento sustentável no município está atrelada às formas de manejo oriundas da Agroecologia.



Resumo Inglês:

The objective of this study was to evaluate the sustainability of agroecosystems dedicated to milk production in the municipality of Santana do Livramento - RS, as a way to clarify ecological and socioeconomic results to identify alternatives to aid producers in promoting sustainable development. Milk production in the municipality has been facing several problems, among which are the increased production cost and low value paid for the product, which threaten the future of this productive segment. Sustainability was evaluated in four dairy farming units, through the Analysis and Diagnosis of Agrarian Systems, to verify systemic sustainability attributes in accordance with the Economic-Ecological Analysis Method of Agroecosystems. It was found that the highest rates of productive intensity were in environmentally friendly management systems, using Voisin Rational Grazing, which increases economic autonomy, productivity and, consequently, income and autonomy over production processes. It was observed that agroecosystems with higher productive diversity tend to have higher conditions of response to adversity. Gender inequality in the family precludes women's representativeness, which may further alienate younger family members from productive activities. It is noteworthy that in no family there is complete satisfaction with the productive activity of milk and the final income, due to the increase of production costs and reductions in the amount paid per liter of milk. In conclusion, the sustainability of agroecosystems and the promotion of sustainable development in the municipality is linked to the level of management approach from the perspective of agroecology.