AÇÕES DE EXTENSÃO FRENTE A EXPANSÃO DA FEBRE AMARELA NO INTERIOR DE MINAS GERAIS

Expressa Extensão

Endereço:
Rua Gomes Carneiro, 1 - Centro
Pelotas / RS
96010-610
Site: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao
Telefone: (53) 3284-3992
ISSN: 2358-8195
Editor Chefe: Paula Garcia Lima
Início Publicação: 31/05/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

AÇÕES DE EXTENSÃO FRENTE A EXPANSÃO DA FEBRE AMARELA NO INTERIOR DE MINAS GERAIS

Ano: 2019 | Volume: 24 | Número: 2
Autores: Adriano Guimaraes Parreira, Pamela Alves Silva
Autor Correspondente: Adriano Guimaraes Parreira | [email protected]

Palavras-chave: awareness, yellow fever, pnh's, prevention, questionnaires

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, cujo agente etiológico é um Arbovírus, pertencente ao gênero Flavivirus, família Flaviviridae, transmitido por insetos hematófagos da família Culicidae, em especial dos gêneros Aedes, Haemagogus e Sabethes. O principal objetivo deste trabalho foi o de promover intervenções junto à comunidade de Santo Antônio da Serra (Jacuba), município de Carmo do Cajuru-MG, com vistas a conscientização dos moradores e prevenção da proliferação da doença. Para avaliar o nível de conhecimento sobre a febre amarela e definir os pontos a serem abordados durante as intervenções extensionistas foram aplicados questionários aos residentes locais e, com base nos dados levantados, foram realizadas ações comunitárias fundamentadas em interações dialógicas buscando propiciar transformação social diante do contexto observado, impactos positivos na formação do estudante envolvido e interação ensino, pesquisa e extensão. Acredita-se que o propósito de estimular a adoção de atitudes de prevenção como a prática da vacinação foi atingido com êxito, boa parte dos moradores tomaram consciência sobre a vacina e buscaram se imunizar. Em relação aos mitos sobre o papel de primatas no ciclo da doença, as intervenções junto aos moradores foram positivas, sendo compreendido pela grande maioria do público atingido o papel de sentinelas e também vítimas da febre amarela.



Resumo Inglês:

Yellow fever is an acute febrile infectious disease, the etiological agent is an Arbovirus, belonging to the Flavivirus genus, Flaviviridae family, transmitted by hematophagous insects of the Culicidae family, especially of Aedes, Haemagogus and Sabethes genera. The main objective of this work was to promote interventions in the community of Santo Antônio da Serra (Jacuba), a municipality of Carmo do Cajuru-MG, in order to become the residents aware of preventing the disease proliferation. Thus, questionnaires were applied to local residents in order to evaluate the level of their knowledge about yellow fever and to define the points to be addressed during the extension interventions. Based on the data collected, community actions were accomplished through dialogical interactions to promote social transformation in the context observed, positive impacts on the training of the involved students and teaching, research and extension interaction. It is believed that the purpose of encouraging the adoption of preventive attitudes such as the practice of vaccination was successfully achieved, many of the residents have become conscious of the vaccine and getting immunized. Regarding the myths about the role of primates in the cycle of the disease, the interventions with the residents were positive, for the most people have understood their roles as sentinels and victims of yellow fever.