AÇÕES AFIRMATIVAS: UMA ANÁLISE QUANTITATIVA DOS INGRESSANTES EM 2013 NA UFAC

Revista em Favor de Igualdade Racial

Endereço:
6637 - Br 364, Km 04 - Distrito Industrial
Rio Branco / AC
Site: https://periodicos.ufac.br/index.php/RFIR/issue/view/155
Telefone: (68) 9974-5156
ISSN: 2595-4911
Editor Chefe: Flávia Rodrigues Lima da Rocha
Início Publicação: 11/05/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Multidisciplinar

AÇÕES AFIRMATIVAS: UMA ANÁLISE QUANTITATIVA DOS INGRESSANTES EM 2013 NA UFAC

Ano: 2021 | Volume: 4 | Número: 2
Autores: Charles dos Santos Brasil, Jeferson José da Silva Figueiredo
Autor Correspondente: Charles dos Santos Brasil | [email protected]

Palavras-chave: ações afirmativas, Ufac, estudantes

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este estudo apresenta uma análise quantitativa dos ingressantes no ensino superior oriundos da Lei 12.711/2012 e da ampla concorrência aprovados na Universidade Federal do Acre (UFAC). O objeto da análise são os calouros de 2013, ano em que começa a vigorar a citada lei nas Universidades e Institutos Federais. A finalidade é correlacionar os ingressantes cotistas com os quatro eixos selecionados, a saber: desistentes, jubilados, formados e retidos. O foco é demonstrar como isto impacta no universo de cursistas dessa primeira leva de cotistas. O referencial metodológico conta com aporte em Marconi e Lakatos (2017), ao passo que o teórico é assentado em Pizza (2011).



Resumo Inglês:

This study presents a quantitative analysis of those entering higher education from law 12.711/ 2012 and the wide competition approved at the Universidade Federal do Acre (UFAC). The object of the analysis is the freshmen of 2013, the year in which the aforementioned law comes into force at the Universities and Federal Institutes. The purpose is to correlate quota holders with the four selected axes, namely: dropouts, retired, trained and retained. The focus is on demonstrating how this impacts on the universe of course participants in this first wave of quota students. The methodological framework has input from Marconi and Lakatos (2017), while the theoretician is based on Pizza (2011).