“Viver pelo mundo trabalhando pros outros": a trajetória itinerante do Quilombo Rincão dos Caixões

identidade!

Endereço:
Rua Amadeo Rossi, 467, Morro do Espelho, São Leopoldo, RS
/ RS
93.030-220
Site: http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/identidade
Telefone: (51) 2111-1400
ISSN: 2178437X
Editor Chefe: Selenir Corrêa Gonçalves Kronbauer
Início Publicação: 31/05/2001
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

“Viver pelo mundo trabalhando pros outros": a trajetória itinerante do Quilombo Rincão dos Caixões

Ano: 2011 | Volume: 16 | Número: 2

Palavras-chave: REMANESCENTES DE QUILOMBO, CAMPESINATO NEGRO, ITINERÂNCIA

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste trabalho será acompanhar a trajetória itinerante dos grupos étnicos que atualmente são considerados remanescentes de quilombo, refletindo como essas andarilhagens influenciaram em suas formas de se relacionar com o território. O foco do trabalho será os integrantes do quilombo Rincão dos Caixões, localizado no município de Jacuizinho/RS, cujo passado está marcado por um período de extrema mobilidade, violência e privações se aproximando do que Mattos e Rios (2005) em estudo sobre as trajetórias da última geração de libertos e seus descendentes que viveram no sudeste do Brasil denominaram de campesinato negro itinerante. Metodologicamente optamos por fazer um cruzamento de fontes, entendemos que a conjunção de fontes diferenciadas pode ajudar na emergência da trajetória itinerante deste grupo. Os usos das narrativas aliadas a inventários post-mortem aclaram não só aspectos de sua trajetória, mas também evidenciam a antiguidade da presença negra na região por eles percorrida.