VULNERABILIDADE PÓS-HUMANA, CRÍTICA E A AGÊNCIA DA MATÉRIA

Revista De Filosofia E Psicanálse Natureza Humana

Endereço:
Rua João Ramalho, 146
São Paulo / SP
05008-000
Site: http://ibpw.org.br
Telefone: (11) 3676.0635
ISSN: 2175-2834
Editor Chefe: Zeljko Loparic
Início Publicação: 31/05/2015
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Filosofia

VULNERABILIDADE PÓS-HUMANA, CRÍTICA E A AGÊNCIA DA MATÉRIA

Ano: 2018 | Volume: 20 | Número: 1
Autores: José Sérgio Duarte da Fonseca
Autor Correspondente: José Sérgio Duarte da Fonseca | [email protected]

Palavras-chave: ontologia; pós-humanismo; ética.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo explora a viabilidade da produção de uma perspectiva teórica que possibilite descrever como se dá a crítica social e política a partir de uma ontologia pós-humana. Para tanto, serão examinados aspectos das produções teóricas de Judith Butler e de Karen Barad, especialmente aqueles relacionados à ética levinasiana, para saber de que forma elas contribuiriam para a produção de uma perspectiva teórica a um tempo crítica e pós-humana, centrada no que passo a chamar de “vulnerabilidade pós-humana”. Palavras



Resumo Inglês:

The aim of this paper is to gauge the possibility of producing a theoretical perspective which might be capable of describing the ways in which social and political criticism are given in view of a posthuman ontology. Therefore, we examine some aspects of the theoretical productions of Judith Butler and Karen Barad, markedly the ones related to Levinasian ethics, in order to grasp to what extent they may contribute towards producing a theoretical perspective that is both critic and posthuman, focused on what I shall call “posthuman vulnerability”.