Versões em conflito: análise da construção narrativa das alegações finais da acusação e da defesa em um processo criminal

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Versões em conflito: análise da construção narrativa das alegações finais da acusação e da defesa em um processo criminal

Ano: 2018 | Volume: 12 | Número: 3
Autores: Carla Leila Oliveira Campos, Caio Bini Rocha, Luiz Carlos da Costa
Autor Correspondente: Carla Leila Oliveira Campos | [email protected]

Palavras-chave: Narrativas forenses, Conteúdo ideacional, Relações interpessoais, Alegações finais, Processo criminal

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho tem como objetivo analisar como se dá, por meio do conteúdo ideacional das peças (HALLIDAY, 1976 e 1998) e dos processos de negociação dos relacionamento interpessoais, a construção conflitiva das narrativas das alegações finais da acusação e da defesa em um processo de falsificação de documento público. Para tanto, filiamo-nos à Análise do Discurso Forense, com o intuito de compreender como os modos de interação que envolvem a produção do discurso nos tribunais e os papéis sociais desempenhados pelos sujeitos influenciam as práticas linguísticas nos tribunais. Para análise do conteúdo ideacional dos textos, adotaremos como categoria analítica o modelo de narrativa proposto por Labov (1972), observando como a seleção dos fatos e de itens lexicais específicos revelam o caráter avaliativo dessas narrativas. Já em relação aos processos de negociação da imagem e dos relacionamentos interpessoais (ROSULEK, 2010), observaremos como a produção de evidências, a citação de textos da lei e do depoimento de testemunhas, sustentando / atacando sua credibilidade ou reinterpretando seus dizeres, constroem não só a imagem de cada um dos advogados bem como a sua relação com os sujeitos envolvidos no processo.



Resumo Inglês:

This paper aims at analyzing the narrative contrastive representation in prosecution and defense closing speeches in a legal case of forgery of public document, trough the study of ideational content of texts (HALLIDAY, 1976 and1998) and the negotiation processes of image and interpersonal relationships. Within the theoretical framework of Forensic Discourse Analysis, this study aims to understand how interaction patterns and social roles played by subjects influence the discourse production in court. We will adopt as analytical category the narrative model proposed by Labov (1972) to analyze the ideational content of texts, observing how the selections of facts and lexical choices show the evaluative character of narratives. To understand the negotiation processes of image and interpersonal relationships (ROSULEK, 2010), we will study how evidences production, legal texts citation and witness testimony, sustaining/attacking his credibility or reinterpreting his voices, build the image of lawyers and his relationship with the other subjects.