Verbos Leves com nomes deverbais em Português Europeu e em Inglês

Revista Linguística Rio

Endereço:
Av. Horácio Macedo, s/n, Faculade de Letras – UFRJ, sala F321,Cidade Universitária
Rio de Janeiro / RJ
21941-598
Site: http://www.linguisticario.letras.ufrj.br
Telefone: (21) 3938-9710
ISSN: 2358-6826
Editor Chefe: Nathacia Lucena Ribeiro / Thiago Oliveira da Motta Sampaio
Início Publicação: 31/08/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Linguística

Verbos Leves com nomes deverbais em Português Europeu e em Inglês

Ano: 2018 | Volume: 4 | Número: 1
Autores: Joana da Silva Ferreira
Autor Correspondente: Joana da Silva Ferreira | [email protected]

Palavras-chave: verbos leves, português europeu, inglês, predicado complexo

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente trabalho incide sobre a descrição de construções que envolvem verbos leves, mais especificamente, construções com os verbos leves ter, dar e fazer, em Português Europeu e os verbos leves have, give e make, em inglês. Os exemplos que se apresentam como ilustrativos para este estudo, foram, na globalidade do trabalho, manipulados e/ou recolhidos de outros estudos, nomeadamente, os exemplos em inglês. A redação do presente estudo permitiu-nos perceber que os verbos leves aparentam ter alguma carga semântica e que formam com a expressão nominal um significado global, geralmente correspondente ao significado de um verbo pleno. Além disso, verificamos que este tipo de verbo possui a sua própria estrutura argumental, preserva parcialmente o significado lexical do núcleo do seu verbo principal correspondente e apresenta certas alternâncias sintáticas do mesmo tipo que os verbos principais homónimos.



Resumo Inglês:

This paper focused on the description of constructions that involve light verbs, more specifically, constructions with the light verbs ter, dar and fazer, in European Portuguese and the light verbs have, give and make, in English. The examples that are presented as illustrative for this study were, in the whole work, manipulated and / or collected from other studies. Writing the present study allowed us to understand that the light verbs appear to have some semantic load and forms with the nominal expression a global meaning, generally corresponding to the meaning of a main verb. In addition, we have verified that this type of verb has its own argumentate structure, partially preserves the lexical meaning of the nucleus of its corresponding main verb and presents certain syntactic alternations of the same type as the homonymous main verbs.