Universidade Católica hoje

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 03527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Maria Teresa de Freitas Cardoso
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Teologia

Universidade Católica hoje

Ano: 2015 | Volume: 19 | Número: 49
Autores: Mario de França Miranda
Autor Correspondente: M. F. Miranda | [email protected]

Palavras-chave: Universidade Católica, Evangelização, sociedade pluralista.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O texto aborda o desafi o atual posto pela sociedade pluralista à
Universidade Católica, já que este pluralismo, cultural e religioso, se encontra
hoje também dentro da própria instituição. Daí a difi culdade para esta última
de realizar sua missão de evangelizar. Depois de sintetizar a identidade da
Universidade Católica, expressa na Constituição Ex Corde Ecclesiae, o
autor propõe um ponto de partida mais amplo para o anuncio da fé cristã, a
saber, o cuidado com o ser humano, à luz da mensagem do Reino de Deus,
que necessariamente carrega consigo os valores cristãos, embora ainda não
nomeados como tais. Deste modo refl ete sobre o humanismo cristão, seus
valores e suas expressões, que podem mesmo não ser religiosas.



Resumo Inglês:

The text presents the current challenge posed by pluralistic society to the
Catholic university. This cultural and religious pluralism is already encountered
today also within the selfsame institution, which creates diffi culty for
the Catholic university to fulfi ll its mission to evangelize. After synthesizing
the identity of the Catholic university expressed in the Constitution, Ex Corde
Ecclesiae, the author proposes a broader starting point for announcing the
Christian faith: that is to say, care with the human being in light of the message of the Reign of God, which necessarily carries with it the Christian values,
even though not yet named as such. In this way, the text refl ects on Christian
humanism, its values and its expressions, which might not even be religious.