Uma proposta para a origem do morfema relativo "que"

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Uma proposta para a origem do morfema relativo "que"

Ano: 2007 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: M. Oliveira
Autor Correspondente: M. Oliveira | [email protected]

Palavras-chave: gramática histórica, morfema relativo 'que', latim clássico

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Busco traçar o percurso da evolução da estratégia de relativização portuguesa visando a identificar o trigger estrutural que levou à formação do morfema invariável que. Começo com a revisão das gramáticas históricas. Apoiando-me na proposta da estrutura da periferia esquerda da sentença (Rizzi 1995), procedo à análise descritiva das relativas em texto do latim vulgar (Peregrinatio Aetheriae) e em textos vazados no latim-português.