Uma eucaristia viva para uma Igreja viva: reflexões em torno a um discurso do Papa Francisco

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 03527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Maria Teresa de Freitas Cardoso
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Teologia

Uma eucaristia viva para uma Igreja viva: reflexões em torno a um discurso do Papa Francisco

Ano: 2018 | Volume: 22 | Número: 58
Autores: F. Taborda
Autor Correspondente: F. Taborda | [email protected]

Palavras-chave: Igreja e eucaristia, Papa Francisco, Presença de Cristo, Participação litúrgica, Vida cristã.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Para discorrer sobre a relação Igreja – eucaristia na teologia do Papa Francisco, partimos do discurso dirigido por ele aos participantes da 68ª Semana Litúrgica Nacional, promovida pela Conferência Episcopal Italiana. Ele aborda o tema da Semana (“Uma liturgia viva para uma Igreja viva”) em três momentos que determinam a divisão do presente trabalho: a liturgia é viva graças à presença de Cristo; a liturgia é vida de todo o povo de Deus (Igreja), requer participação; a liturgia é vida, porque evento experiencial a ser traduzido na prática (“Não há eucaristia sem lava-pés”).



Resumo Inglês:

To talk about Church – Eucharist relation in the theology of Pope Francis, we begin from the speech he delivered to the participants of the 68th National Week of Liturgy, which was organized by the Italian Episcopal Conference. He approaches the theme of the week (a living Liturgy for a living Church) in three determining moments, this present work follows his sequence: the liturgy is “living” by reason of the living presence of Christ; the liturgy is life for the entire people of God (the Church), it requires participation; the liturgy is life, because it is an experiential event to be rendered in practice (“there is no Eucharist without washing of the feet”).