Um Um Mês de Desgosto: a atuação dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora na crise de agosto de 1954

Revista Faces de Clio

Endereço:
Rua José Lourenço KelmerRua José Lourenço Kelmer, S/Nº - São Pedro
Juiz de Fora / MG
36036-900
Site: https://periodicos.ufjf.br/index.php/facesdeclio/
Telefone: (24) 9881-9747
ISSN: 2359-4489
Editor Chefe: Bárbara Ferreira Fernandes
Início Publicação: 01/01/2017
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: História

Um Um Mês de Desgosto: a atuação dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora na crise de agosto de 1954

Ano: 2018 | Volume: 4 | Número: 7
Autores: Thársyla Glessa Lacerda da Cunha
Autor Correspondente: Thársyla Glessa Lacerda da Cunha | [email protected].com

Palavras-chave: Impresa, Última Hora, Tribuna da Imprensa

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Resumo: Getúlio Vargas tomou posse como presidente da república, pela segunda vez, no ano de 1951, assumindo um governo democrático. No entanto, seu novo governo foi marcado  por  grande  instabilidade  política,  devido  à  forte  oposição  por  parte  da  União Democrática Nacional (UDN) e por parte da imprensa. Nesse sentido, a proposta deste trabalho é verificar o poder de atuação da imprensa no campo histórico, destacando sua influência  na  construção  dos  acontecimentos  políticos.  Essa  compreensão  será  feita, aqui, através da análise dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora, durante a crise apresentada no segundo governo de Getúlio Vargas, buscando entender de que modo os interesses defendidos por eles, influenciaram os rumos políticos naquele momento, que teve o desfecho conturbado, com o suicídio do presidente em 24 de agosto de 1954.



Resumo Inglês:

Abstract: Getúlio Vargas took office as president of the republic for the second time in 1951, assuming a democratic government. However, his new government was marked by great political instability, due to strong opposition from the National Democratic Union (UDN) and from the press. In this sense, the purpose of this work is to verify the  power of the press in the historical field, highlighting its influence in the construction of political events. This understanding will be made here, through the analysis of the Tribuna da Imprensa and Última Hora newspapers, during the crisis presented in the second Getúlio Vargas government, trying to understand how the interests defended by them influenced the political course at that time, which had the troubled ending, with the suici de of the president on August 24, 1954.