Sob o signo da degeneração: os “loucos-tísicos”

Mundos do Trabalho

Endereço:
Programa de Pós-Graduação em História – CFH, Campus Universitário – UFSC, Bairro Trindade
Florianópolis / SC
88040-970
Site: http://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/index
Telefone: (48) 3721-9359
ISSN: 19849222
Editor Chefe: Aldrin A. S. Castellucci
Início Publicação: 31/05/2009
Periodicidade: Anual
Área de Estudo: História

Sob o signo da degeneração: os “loucos-tísicos”

Ano: 2020 | Volume: 12 | Número: Não se aplica
Autores: Claudio Bertolli Filho
Autor Correspondente: Claudio Bertolli Filho | [email protected]

Palavras-chave: degenerescência, afro-brasileiros, psiquiatria brasileira

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo tem como objetivo focar primeiramente a trajetória de vida e a morte de um homem negro, criminoso e acometido pela doença mental e pela tuberculose para, em seguida, discutir o encaminhamento oficial que era imposto a esse tipo de infrator no contexto da cidade de São Paulo nas primeiras décadas do século XX. Para tanto, recorreu-se às fontes documentais produzidas pelas ciências médicas sobre os personagens classificados por ela como sendo “tipos degenerados”.



Resumo Inglês:

This article aims to focus primarily on the life trajectory and death of a black man, criminal and affected by mental illness and tuberculosis, and then discuss the official referral that was imposed on this type of offender in the context of the city of São Paulo, in the first decades of the twentieth century. It was used the documentary sources produced by the medical sciences on the characters classified by her as being "degenerate types".