Slam: poesia e performance de resistência

Desenredo

Endereço:
Universidade de Passo Fundo CAMPUS I Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - São José
Passo Fundo / RS
99001-970
Site: http://seer.upf.br/index.php/rd/
Telefone: (54) 9996-3613
ISSN: 1808-656X
Editor Chefe: Francisco Fianco
Início Publicação: 25/05/2005
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Letras

Slam: poesia e performance de resistência

Ano: 2020 | Volume: 16 | Número: 1
Autores: Lovani Volmer, Suzana da Silva Souza, Daniel Conte
Autor Correspondente: Lovani Volmer | lo[email protected]

Palavras-chave: Slam, Vozes, Performance, Polifonia

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho busca evidenciar como o Slam propicia um novo espaço de

produção e partilha poética, podendo abrir caminhos para descobertas no

âmbito da autoafirmação e do reconhecimento a respeito das múltiplas

lutas pela conquista de espaço, elevando vozes historicamente relegadas

às coxias da vida social. Apresenta um olhar analítico dialógico e polifô-

nico, além do entendimento de performance de Paul Zumthor; e apresenta

o caso de Natália Pagot, slammer que se destaca pelo seus fazeres poéticos

e performáticos. O trabalho aponta, ainda, a ideia de partilha do sensí-

vel de Jacques Rancière, a partir da qual defende a ideia de liberdade das

condições imaginárias, a fim de que as gerações futuras possam conhecer

uma nova forma de sociedade em que mulheres e homens, crianças, idosos

e jovens, com suas etnias e sexualidades, tenham seus direitos valida-

dos e preservados com equidade e dignidade. 



Resumo Inglês:

this paper aims to show how the Slam provides a new space for pro-

duction and poetic sharing, and may open the way for discoveries in the

context of self-affirmation and recognition on the multiple struggles for

the conquest of space, raising voices historically relegated to the borders of

social life. It presents a dialogical and polyphonic analytical look, as well as

Paul Zumthor’s understanding of performance; and it presents the case of

Natália Pagot, a slammer who stands out for her poetic and performance.

The work also points out the idea of sharing the sensitive of Jacques Ran-

cière, from which he defends the idea of freedom from imaginary conditions

so that future generations are able to know a new form of society where

women and men, children, older and young people, with their ethnicities

and sexualities, have their rights validated and preserved with fairness

and dignity.