AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS NO ESPAÇO GEOGRÁFICO

Revista Geotemas

Endereço:
Rodovia BR-405 - Arizona
Pau dos Ferros / RN
59900-000
Site: http://periodicos.uern.br/index.php/geotemas
Telefone: (84) 9414-2227
ISSN: 2236-255X
Editor Chefe: Josué Alencar Bezerra
Início Publicação: 01/06/2011
Periodicidade: Bianual
Área de Estudo: Geografia, Área de Estudo: Planejamento urbano e regional

AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS NO ESPAÇO GEOGRÁFICO

Ano: 2012 | Volume: 2 | Número: 1
Autores: Gilvan Charles Cerqueira de Araújo, Dante Flávio da Costa Reis Junior
Autor Correspondente: Gilvan Charles Cerqueira de Araújo | [email protected]

Palavras-chave: Representações Sociais. Espaço Geográfico. Cultura.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Há no ser humano uma capacidade nata de criação de sentidos relativos aos entes, fatos, acontecimentos, utensílios, instrumentos e relações que estabelecem uns com os outros. No processo de engendramento deste mosaico sígnico e imagético é que surgem as representações sociais. Estas representações caracterizam-se por conter a intensidade simbólica do homem, acarretando a difusão territorial e temporal das características simbólicas representadas, ou seja, acultura de uma sociedade. O espaço geográfico tem um papel de protagonismo em tal cenário por ser o agente materializador das representações, é no campo de abrangência da realidade objetiva, do mundo em si que são criadas as unidades simbólicas de perduração de uma sociedade. Com estas premissas tem-se por objetivo proporcionar um aprofundamento conceitual e metodológico da análise das representações sociais no espaço geográfico, efetuando-se para tal intento uma revisão bibliográfica acompanhada da confluência de teorias e arcabouços que sustentam o cânone de uma geografia das representações sociais.



Resumo Inglês:

There is in the human being an innate capacity to create meanings related to entities, facts, events, tools and relationships. In the process of engendering this mosaic of signs and imagery, social representations emerge. These representations are characterized by containing the symbolic intensity of man, causing spatial and temporal diffusion of symbolic characteristics represented, i.e. culture of a society. The geographical space has a leading role in such a scenario, materializing the representations. It is on the scope of objective reality, of the world itself that the symbolic units of perdurability of a society are created. With these premises we aim at providing a conceptual and methodological deepening of the analysis of social representations in geographic space, making up for this purpose a literature review followed by the confluence of theories and frameworks that support the canon of a geography of social representations.