REMUNERAÇÃO DOS EXECUTIVOS E INDICADORES DE DESEMPENHO: UMA ANALISE NAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

REMUNERAÇÃO DOS EXECUTIVOS E INDICADORES DE DESEMPENHO: UMA ANALISE NAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA

Ano: 2018 | Volume: 19 | Número: 2
Autores: Palloma Katluyn Albuquerque Ferreira, Alan Santos de Oliveira, Ailza Silva de Lima
Autor Correspondente: Palloma Katluyn Albuquerque Ferreira | [email protected]

Palavras-chave: remuneração dos executivos, desempenho, roa

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo teve como objetivo verificar a associação de indicadores de desempenho das companhias brasileiras listadas na BM&FBovespa com a remuneração dos executivos. Para isso, foram utilizadas informações sobre remuneração executiva, obtidas através do Relatório de Referência de cada empresa, referentes ao período de 2010 a 2014. Ao todo, foram selecionadas 134 empresas para cada ano a ser estudado, totalizando 670 observações. A metodologia estatística adotada teve como base a utilização de variáveis dependentes e medidas de desempenho. Apesar de os dados disponibilizados pelas empresas ainda serem vagos quanto aos valores exatos de remunerações dos executivos, considerando que foram analisados períodos referentes ao início do atendimento da obrigatoriedade de divulgação das remunerações dos executivos, ainda assim foi possível realizar a análise das relações variáveis em períodos distintos. Quanto à demonstração da remuneração total média (em logaritmo), o resultado demonstrou que a variável “ROA” (Retorno sobre o ativo), a qual tem a função de medir o desempenho dos executivos, mostrou-se relacionada com a remuneração executiva. Ao analisar a remuneração média dos diretores, pode-se perceber uma ligação com a bonificação. Conclui-se, no que concerne às medidas de desempenho, que estas foram indispensáveis na remuneração executiva.



Resumo Inglês:

This article aimed to verify the association of performance indicators of Brazilian companies listed on BM&FBovespa with executive compensation. For this, information on executive compensation, obtained through the Reference Report of each company, was used from 2010 to 2014. In total, 134 companies were selected for each year studied, totaling 670 observations. The statistical methodology adopted was based on the use of dependent variables and performance measures. Although the data provided by the companies are still vague as to the exact values of executives’ compensation, considering that they were analyzed periods related to the beginning of compliance with the mandatory disclosure of executive compensation, it was still possible perform the analysis of the variable relations in different periods. As to the average total remuneration (in logarithm), the result showed that the variable “ROA” (Return on assets), which has the function of measuring executives’ performance, was related to executive compensation. When analyzing the average compensation of the directors, one can perceive a connection with the bonus. It is concluded, as far as performance measures are concerned, that they were indispensable in executive compensation.