RELAÇÃO ENTRE ESTILOS DE APRENDIZAGEM E CARACTERÍSTICAS DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: UMA INVESTIGAÇÃO A PARTIR DO MODELO DE FELDER & SILVERMAN (1988)

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

RELAÇÃO ENTRE ESTILOS DE APRENDIZAGEM E CARACTERÍSTICAS DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: UMA INVESTIGAÇÃO A PARTIR DO MODELO DE FELDER & SILVERMAN (1988)

Ano: 2019 | Volume: 20 | Número: Especial
Autores: Vagner Antônio Marques, Roanjali Auxiliadora Gonçalves Salviano Araújo, Lilian Karolina Correia Silva, José Wilson da Costa
Autor Correspondente: Vagner Antônio Marques | [email protected]

Palavras-chave: estilos de aprendizagem, ensino-aprendizagem, felder-silverman

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente estudo teve o objetivo de identificar os estilos de aprendizagem predominantes entre os estudantes de Ciências Contábeis e analisar sua associação com o gênero, período do curso, faixa etária e estado civil, em uma das maiores universidades privadas do país. O estudo de natureza descritiva, do tipo survey e com abordagem descritiva, utilizou dados coletados a partir do questionário elaborado por Felder e Soloman (1991), traduzido por Kuri (2004), e foi aplicado em uma amostra com 133 estudantes do curso no turno da noite. Os dados foram analisados a partir da estatística descritiva e teste de independência (Qui-quadrado). Os resultados evidenciaram que, na dimensão Percepção, o estilo Sensorial foi predominante (87,96%); na dimensão Entrada, predominou o estilo Visual (57,14%); na dimensão Processamento, predominou o estilo Reflexivo (55,63%) e, na dimensão Entendimento, predominou o estilo Global (58,64%). Verificou-se que existe uma associação estatisticamente significativa (ao nível de 5%) dos estilos de aprendizagem com o período e a idade dos estudantes de Ciências Contábeis participantes da amostra. Esses resultados sugerem uma mudança, ao longo do tempo, na forma como os estudantes de Ciências Contábeis aprendem. Diante disso, os resultados contribuem com os professores e as instituições, no sentido de se pensar em políticas e práticas pedagógicas que considerem os respectivos estilos de aprendizagem, a idade do estudante e o período em que se encontram no curso, visando à melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem.



Resumo Inglês:

This study aimed to identify the predominant learning styles among students of Accounting Sciences and to analyze their association with gender, academic term, age group and marital status in one of the largest private universities in the country. The study was descriptive, using data collected from the questionnaire developed by Felder e Soloman (1991), translated by Kuri (2004), and applied in a sample with 133 students that take evening classes. The data were analyzed based on descriptive statistics and on the Chi-Square Test of Independence. The results evidenced that in the perception dimension, the sensorial style was predominant (87.96%); in the input dimension, the visual style (57.14%) was predominant; in the Processing dimension, the Reflective style (55.63%) was predominant and in the Understanding dimension, the Global style (58.64%) was predominant. It was verified that there is a statistically significant association (at the 5% level) among learning styles, the academic term and the age of the Accounting students participating in the sample. These results suggest a change over time in the way Accounting students learn. Therefore, the results contribute to the development of new policies and pedagogical practices, by teachers and institutions, that consider different learning styles, the age of the student and the period in which they are in the course, aiming to improve the quality of the teaching-learning process.