PROPOSIÇÃO DE METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DOS CUSTOS QUE COMPÕEM A HORA TÉCNICA DO PERITO QUE ATUA EM LITÍGIOS DO SISTEMA FINANCEIRO DE HABITAÇÃO

ABCustos

Endereço:
Avenida Unisinos - 950 - Cristo Rei
São Leopoldo / RS
93022750
Site: https://www.abcustos.emnuvens.com.br/abcustos/index
Telefone: (51) 9406-0625
ISSN: 1980-4814
Editor Chefe: Clóvis Antônio Kronbauer
Início Publicação: 01/05/2006
Periodicidade: Quadrimestral

PROPOSIÇÃO DE METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DOS CUSTOS QUE COMPÕEM A HORA TÉCNICA DO PERITO QUE ATUA EM LITÍGIOS DO SISTEMA FINANCEIRO DE HABITAÇÃO

Ano: 2012 | Volume: 7 | Número: 1
Autores: Idalberto José das Neves Júnior, Adriano Mariano dos Santos, Ismael Silva Candido
Autor Correspondente: Idalberto José das Neves Júnior | [email protected]

Palavras-chave: perícia contábil, activity based costing – ABC, sistema financeiro de habitação.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A perícia constitui um importante ramo das Ciências Contábeis e uma das áreas mais promissoras para os profissionais Contabilistas. Todavia, existem poucas metodologias que auxiliem tais profissionais na determinação dos custos que fazem parte da sua hora técnica. Este artigo tem por finalidade construir um modelo que permita aos peritos contadores que trabalham com revisão de contratos do Sistema Financeiro de Habitação SFH determinar os custos que compõem sua hora técnica. O método de custeio utilizado foi o Activity Based Costing (ABC), pois foi o que melhor se adequou na identificação dos custos envolvidos na produção do laudo pericial contábil. Na pesquisa utilizou-se uma amostra intencional, e por meio de resposta de 10 questionários respondidos pelos peritos que atuaram no ano de 2009 em processos de revisão de contratos do SFH cadastrados nas Associações de Peritos Judiciais de Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal pode-se atingir ao objetivo proposto. Como resultado, obteve-se que os profissionais dedicam maior parcela do seu tempo para executar o trabalho e não no planejamento do mesmo. Além disso, 24% dos recursos fornecidos para a execução das perícias não foram consumidos, gerando, assim, uma capacidade ociosa significativa para os profissionais que atuam nestes litígios.



Resumo Inglês:

Forensic accounting is an important branch of Accountancy and one of the most promising areas for the accountants. However, there are few methods that help these workers identifying and measuring the resource consumption generated by their job. This paper aims to build a model which allows the accountant experts who work on contracts revision of the Housing Finance System (SFH) to determine the costs of their working hour. The costing model used was the Activity Based Costing (ABC), because it best fitted in the identification of the costs related to the production of the forensic accounting report. In the research it was used the intentional sampling and, through the answers of 10 questionnaires given by the accountant experts who worked in 2009 on lawsuits related to contract revision of the SFH and who have cadastre in the Associations of Assessors from Minas Gerais, Pernambuco and Distrito Federal, it was possible to reach the main purpose. As a result, it was noticed that these professionals spend most of their time doing the job itself, not planning it. Besides, 24% of the supplied resources to make the investigation were not consumed, generating thus, a high idle capacity for the professionals who work on these litigations.