Por uma abordagem sócio-histórica no ensino de língua portuguesa: breves considerações

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Por uma abordagem sócio-histórica no ensino de língua portuguesa: breves considerações

Ano: 2019 | Volume: 13 | Número: 1
Autores: Diogo de Campos Alves, Vanessa Regina Duarte Xavier
Autor Correspondente: Diogo de Campos Alves | [email protected]

Palavras-chave: Ensino, Língua Portuguesa, Livro didático, Perspectiva sócio-histórica

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Trabalhar com o ensino de Língua Portuguesa (LP) significa pensar na formação integral do ser humano, uma vez que este está relacionado a aspectos históricos, sociais etc. Por conseguinte, é imprescindível a abordagem dos aspectos extralinguísticos da língua tanto no ensino básico quanto na formação do docente de LP. Em vista disso, esse trabalho tem como objetivo analisar o processo de ensino-aprendizagem da língua através das contribuições dos estudos da Linguística Histórica e da Sociolinguística, os quais preconizam a língua como objeto dinâmico, variável e heterogêneo, pois consideramos que a ausência dos conteúdos sócio-históricos da língua ocasiona a perpetuação da discriminação linguística no ambiente escolar, assim como na sociedade de modo geral. Para tanto, nosso corpus se constituiu de um livro didático destinado ao oitavo ano do Ensino Fundamental II, bem como dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPCs) de Letras Português e Letras Português e Inglês da UFG-RC, com o intuito de observar como neles está sendo proposto o ensino de língua(gem). Com vistas a atingir o nosso objetivo, baseamo-nos em Ilari e Basso (2014) e Silva (2008) para abordar brevemente a história da língua portuguesa e, a respeito da teoria da mudança e da variação linguística, usamos, respectivamente, Faraco (2005) e Bagno (2007). Para a análise do livro didático, nos baseamos no PNLD (Brasil, 2017), em Dionisio (2005), Salzano (2004) e Silveira et al (2016). Além disso, fizemos uma reflexão breve acerca dos PPCs, à luz de Barros (1997), Coelho (2005), Monteiro (2012) e Mattos e Silva (2008).



Resumo Inglês:

Working with the teaching of Portuguese language (LP) means thinking in the integral formation of the human being, which it’s related to historical, social aspects etc. Therefore, it’s essential the approach of the extralinguistic aspects of the language in the basic education as well as in the teacher training of LP. In addition, this study aims to analyze the teaching-training process of the language through the contributions of the studies from Historic Linguistics and Sociolinguistics, which advocate the language as dynamic, variable and heterogeneous object, because we believe that the absence of socio-historical of the language leads the perpetuation of the linguistic discrimination in the school environment as well as in the society. For this purpose, our corpus is formed of a textbook from the eighth grade of elementary school, and the Educational Project of the courses (PPCs) of Letters Portuguese and Letters Portuguese and English, in order to observe how is being proposed the teaching of LP. For achieving our goal, we based on Ilari and Basso (2014) and Silva (2008) to discuss briefly the history of the Portuguese language and about the theory of language variation and changing, we used Coseriu (2000), Labov (2008), Faraco (2005), Tarallo (1979). For the analyses of the textbook, we rely on the PNLD (Brazil, 2017), Dionisio (2005), Salzano (2004) and Silveira et al. (2016). In addition, we made a brief reflection about the PPCs Barros (1997), Coelho (2005), Monteiro (2012) and Mattos e Silva (2008).