Poder e persuasão no discurso religioso medieval

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Poder e persuasão no discurso religioso medieval

Ano: 2007 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: M. L. C. V. O. Andrade
Autor Correspondente: M. L. C. V. O. Andrade | [email protected]

Palavras-chave: análise do discurso, persuasão, poder, interação, hagiografia

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Partindo da hagiografia de São Frutuoso de Braga, pretendemos analisar como se instaura a interação em um texto que objetiva persuadir o leitor por meio da narrativa sobre a vida de um santo, tornando um exemplo a ser seguido. O intuito da Igreja ao solicitar que os religiosos redigissem uma hagiografia era produzir textos para o uso litúrgico, nas missas ou ofícios monásticos; propagar os feitos de um determinado santo, atraindo, assim, ofertas e doações para os Templos e Mosteiros que os tinham como patronos; para leitura privada ou como textos de escola; instruir e edificar os cristãos na fé; divulgar os ensinamentos oficiais da Igreja, etc.