A paradiplomacia financeira no Brasil da República Velha, 1890–1930

Revista Brasileira De Política Internacional

Endereço:
Caixa Postal 4400
Brasília / DF
70910-900
Site: http://www.scielo.br/rbpi
Telefone: (61) 31073651
ISSN: 347329
Editor Chefe: Antônio Carlos Lessa
Início Publicação: 28/02/1958
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciência política

A paradiplomacia financeira no Brasil da República Velha, 1890–1930

Ano: 2012 | Volume: 55 | Número: 1
Autores: José Nelson Bessa Maia, José Flávio Sombr a Saraiva
Autor Correspondente: José Nelson Bessa Maia | [email protected]

Palavras-chave: descentralização federativa, empréstimos externos, paradiplomacia financeira.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Neste artigo, visa-se a analisar um caso de extroversão de governos estaduais no campo do
financiamento externo no período da chamada República Velha (1890–1930) no Brasil. Com base
na definição de “paradiplomacia financeira”, argumenta que a experiência histórica brasileira
nesse aspecto teria sido um caso típico de ação paradiplomática. Amplo levantamento estatístico
dos empréstimos externos por estados, o resgate das fontes documentais primárias sobre o
assunto e a contextualização histórica pertinente dão sustentação à caracterização do período
como uma fase de paradiplomacia financeira precoce.



Resumo Inglês:

This article aims to analyze a case of outward-bound move of state governments in the realm
of external loans during the period of the so-called Old Republic (1890–1930) in Brazil. Based
on the definition of “financial paradiplomacy,” it argues that the Brazilian historical experience
in this regard would have been a typical case of paradiplomatic action. Broad statistical survey
of foreign loans borrowed by states, the rescue of primary sources about the subject and
historical perspective give relevant support to characterize the period as a time of early financial
paradiplomacy.