O OCIDENTE COMO PROBLEMA FILOSÓFICO

Revista Ideação

Endereço:
Av. Transnordestina, s/n
Feira de Santana / BA
440369000
Site: http://www.revistaideacao.com.br
Telefone: (75) 3161-8209
ISSN: 1415-4668
Editor Chefe: Malcom Guimarães Rodrigues
Início Publicação: 31/01/1997
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Filosofia

O OCIDENTE COMO PROBLEMA FILOSÓFICO

Ano: 2017 | Volume: 0 | Número: 35
Autores: L.L. Sombra
Autor Correspondente: L.L. Sombra | [email protected]

Palavras-chave: Ocidente; Modernidade; Colonialidade; Filosofia; América Latina.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo visa refletir sobre a prática de Filosofia na América Latina a partir da relação deste continente com
a ideia de “Ocidente”. Para tanto, empreende uma reflexão filosófica sobre esta ideia, assim como sobre noções a
ela correlacionadas, como modernidade e colonialidade. Apresenta, nesta perspectiva, a noção de “paradoxo da
modernidade”, pelo poder que a modernidade tem de incluir-excluir sujeitos e valores. Ao pensar a filosofia na América Latina, reflete sobre a própria natureza do conceito de filosofia e as implicações dessa noção em relação a um pensar situado (ou à ausência desse pensar) na América Latina.



Resumo Inglês:

This article aims to reflect on the practice of Philosophy in Latin America in terms of the relationship between this region and the idea of “the West”. To do so, it undertakes a philosophical reflection on this idea, as well as on notions correlated to it, such as modernity and coloniality. From this perspective, it examines the notion of “paradox of modernity”, related to the power of modernity to include-exclude subjects and values. In thinking about philosophy in Latin America, it reflects on the very nature of the concept of philosophy, and the implications of this notion in relation to a situated thought (or the absence of such thinking) in Latin America.