O legado da “Igreja dos pobres” para a Igreja na América Latina

Pesquisas em Teologia

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente - 225 - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451900
Site: http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/index
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 2595-9409
Editor Chefe: Prof. Dr. Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 05/12/2018
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

O legado da “Igreja dos pobres” para a Igreja na América Latina

Ano: 2018 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: S. C. Pereira
Autor Correspondente: S. C. Pereira | [email protected]

Palavras-chave: Concílio Vaticano II, Igreja dos pobres, Igreja latino-americana.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Na convocação para a realização do Concílio Vaticano II era evidente a necessidade da Igreja dialogar com o mundo atual e com todas as mudanças e transformações que ele acarreta. Como bem sabemos, cada participante do Concílio levava consigo as principais problemáticas e necessidades a serem refletidas a partir da realidade que o circunda. Neste sentido, se formaram dentro do Concílio alguns grupos de bispos que tinham a mesma visão social, política e eclesial para refletir as diversas temáticas. Dentre eles destacou-se o grupo “Igreja dos pobres”. O próprio nome do grupo revelava o desejo de fazer com que o Concílio assumisse em seus documentos a centralidade dos pobres e a vivência de uma Igreja pobre e para os pobres. Este desejo não foi concretizado no Concílio, mas ficou com um legado para a Igreja na América Latina que assumirá a temática especialmente nas Conferências de Medellín e de Puebla, e em sua prática pastoral.



Resumo Inglês:

In the convocation to realize the Second Vatican Council it was evident the necessity that the Church has to dialogue with the present world and with all the changes and transformations that it entails. As we know well, each participant of the Council brought all the problems and necessities to be reflected starting from the reality which is around him. In this sense many groups of bishops who had the same social, political, ecclesial vision met together to reflect about the different themes. Among them stood out the group called “The Church of the poor”. The name of the group reveled the wish to make the Council assumes, in their documents, the centrality of the poor and the living as a poor Church for the poor. This desire wasn’t implemented in the Council, but it was one great heredity for the American Latin Church, which will assume the thematic especially in Medellín and in Puebla Conferences, and in their pastoral practices.