O aspecto missionário das religiões na defesa da casa comum segundo a Laudato Si'

Pesquisas em Teologia

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente - 225 - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451900
Site: http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/index
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 2595-9409
Editor Chefe: Prof. Dr. Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 05/12/2018
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

O aspecto missionário das religiões na defesa da casa comum segundo a Laudato Si'

Ano: 2018 | Volume: 1 | Número: 2
Autores: E. Rocha
Autor Correspondente: E. Rocha | [email protected]

Palavras-chave: Missionaridade, conversão ecológica, ecoespiritualidade, conscientização.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A finalidade deste artigo é apresentar a grave crise ecológica que vivemos hoje, resultado de um comportamento humano tirânico, individualista e consequentemente dissociado da natureza que afeta e desequilibra todo meio ambiente, causa grande prejuízo à toda humanidade principalmente o aumento da pobreza e a injustiça social.  Diante dessas adversidades o papel profético das religiões de denúncia da injustiça e anúncio de esperança visa superar o exclusivismo gerador de desiquilíbrio em todo planeta Terra. A práxis desse movimento profético tem como linha orientadora o diálogo, instrumento imprescindível de conscientização ambiental integradora. Esse propósito profético das religiões na defesa do ecossistema apresenta a correspondência tênue entre religião e ecologia, que a partir do encantamento da Criação, desabrocha a percepção e ação da humanidade da sua relação de alteridade com a natureza. Essa mudança de perspectiva pode superar a arrogância humana imbuída de um antropocentrismo que devasta todo meio ambiente. Esse apelo de conversão ecológica perpassa a encíclica Laudato Si’ do Papa Francisco que conclama a todos no desafio de proteger a Casa Comum.



Resumo Inglês:

The purpose of this article is to present the serious ecological crisis that we live today, the result of a human behavior tyrannical, individualistic and consequently dissociated from the nature that affects and unbalances every environment, causes great harm to all humanity, especially the increase of poverty and social injustice. Faced with these versities, the prophetic role of the religions denouncing injustice and proclaiming hope is to vercome all exclusivism that generates unbalance in all planet Earth. The praxis of this prophetic movement is guided by dialogue, an indispensable instrument of integrating nvironmental awareness. This prophetic purpose of religions in the defense of the ecosys tem presents the tenuous correspondence between religion and ecology, which from the enchantment of Creation, unleashes mankind’s perception and action of its relationship of alterity with nature.This change of perspective can overcome arrogance human bei ng imbued with ananthropocentrism that devastates every environment. This appeal for ecological conversion runs through the encyclical Laudato Si’ of Pope Francis who calls everyone in the challenge of protecting the Common House.