MOTIVAÇÃO DOS MESTRANDOS EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PARA A REALIZAÇÃO DO DOUTORADO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA ESCALA DE MOTIVAÇÃO ACADÊMICA (EMA)

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

MOTIVAÇÃO DOS MESTRANDOS EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PARA A REALIZAÇÃO DO DOUTORADO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA ESCALA DE MOTIVAÇÃO ACADÊMICA (EMA)

Ano: 2019 | Volume: 20 | Número: 3
Autores: Caio Cesar Violin de Alcantara, Matheus Henrique Delmonaco, Reinaldo Rodrigues Camacho, Katia Abbas
Autor Correspondente: Caio Cesar Violin de Alcantara | [email protected]

Palavras-chave: motivação, mestrandos, escala de motivação acadêmica, teoria da autodeterminação

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo do estudo é verificar o nível motivacional dos mestrandos em Ciências Contábeis com relação ao ingresso em um programa de doutorado. Assim, essa pesquisa, que é classificada como descritiva e quantitativa, se propõe a responder a seguinte questão de pesquisa: Qual o nível motivacional dos mestrandos dos Cursos de Ciências Contábeis que os leva a ingressarem em um programa de doutorado? A coleta de dados foi realizada com a aplicação de questionários aos mestrandos dos cursos de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis no Brasil, e contou com a participação de 209 respondentes. O questionário utilizado na pesquisa foi estruturado com base na Escala de Motivação Acadêmica (EMA), que faz uso de conceitos da Teoria da Autodeterminação. Além da descrição dos dados, foram utilizados os seguintes procedimentos estatísticos para o tratamento dos dados: análise de correlação; cálculo do Índice de Autodeterminação da Motivação (IAM), desenvolvido por Sobral (2008); teste Shapiro-Wilk; e coeficiente de correlação Spearman. A partir dos achados, verificou-se que, em geral, os mestrandos em Ciências Contábeis apresentam satisfação, prazer e interesse em buscar novos conhecimentos, estando motivados intrinsecamente em ingressar em um programa de doutorado e manter contato com o meio acadêmico. Os respondentes consideram que o título de doutor representa um diferencial na carreira acadêmica e profissional, refletindo também em benefícios financeiros.



Resumo Inglês:

This study aims to verify the motivational level of masters students in accounting in relation to enter to a doctorate program. So, this research, which is classified as a descriptive and quantitative approach, and proposes to answer the following research question: What is the motivational level of the masters students in accounting that leads them to enter a doctorate program. The data collection was carried out with the application of questionnaires to the masters students of the stricto sensu postgraduate courses in accounting in Brazil, and was attended by 209 respondents. The questionnaire used in the research was structured based on the Academic Motivation Scale (AMS), which makes use of concepts of the Self-determination Theory. In addition to describing the data, the following statistical tools were used for the treatment of the data: correlation analysis; calculation of index of Self-determination of Motivation (IAM), developed by Sobral (2008); Shapiro-Wilk test; and Spearman correlation coefficient. From the findings, it was verified that, in general, the masters students in accounting presented satisfaction, pleasure and interest in seeking new knowledge, being intrinsically motivated to enter a doctorate program and maintain contact with the academic environment. Respondents consider that the doctorate degree represents a differential in the academic and professional career, also reflecting financial benefits.