A interpretação da Sagrada Escritura: eixo hermenêutico segundo J. Ratzinger – Papa Bento XVI

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 03527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Maria Teresa de Freitas Cardoso
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Teologia

A interpretação da Sagrada Escritura: eixo hermenêutico segundo J. Ratzinger – Papa Bento XVI

Ano: 2018 | Volume: 22 | Número: 58
Autores: M. L. C. Lima
Autor Correspondente: M. L. C. Lima | [email protected]-rio.br

Palavras-chave: Hermenêutica bíblica, Método exegético, Ratzinger – Bento XVI.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O teólogo e cardeal J. Ratzinger tematizou em vários escritos a justa perspectiva na leitura bíblica: a superação, numa síntese superior, do dualismo entre método científico e visão de fé. A harmonia entre fé e razão é aplicada de modo coerente à leitura da Escritura e desenvolvidos seus corolários. Em seu ministério petrino, o Papa Bento XVI continuou este pensamento, agregando, dentro desta perspectiva, também algumas contribuições recentes da exegese. A sistematização dos pontos principais de seu pensamento sobre este tema pode fornecer importantes coordenadas e demonstrar sua relevância para a reflexão exegética e, consequentemente, para a teologia e a pastoral. São considerados escritos do Autor que tocam particularmente esta temática. Seguindo seus referenciais, a fé eclesial é capaz de ser mais bem compreendida, pelo homem atual, como caminho de sua plena realização.



Resumo Inglês:

Cardinal and theologian J. Ratzinger has thematized through several writings the just perspective in the biblical reading: the overcoming, by means of a superior synthesis, of the dualism between the scientific method and a vision of faith. Harmony between faith and reason is applied in a coherent way to the reading of the Scriptures and its corollaries developed. In his Petrine ministry, Pope Benedict XVI continued this line of thought, adding, within this perspective, some recent contributions of exegesis. The systematization of the main points of his thinking on this theme can provide important coordinates and demonstrate their relevance for exegetical reflection and, consequently, for theology and pastoral. Here the writings of the Author that touches this subject in particular are considered. By following these referentials, ecclesial faith may be better understood by today’s man, as a path to his full realization.