Initial findings of a socio-cultural-pedagogical investigative approach to PHL: the educators and the initiatives.

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Initial findings of a socio-cultural-pedagogical investigative approach to PHL: the educators and the initiatives.

Ano: 2018 | Volume: 12 | Número: 2
Autores: Felicia Jennings-Winterle, Natalia Coimbra de Sá, Priscilla de Almeida Nogueira
Autor Correspondente: Felicia Jennings-Winterle | [email protected]

Palavras-chave: Português como Língua de Herança, Vitalidade de Línguas de Herança, Perspectiva sócio-cultural-pedagógica

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Um número crescente de programas educacionais que promovem o Português como Língua de Herança (PLH) pode ser encontrado em todo o mundo. Com uma relevância relativamente nova para o campo das Línguas de Herança (LH), ainda de modo incomparável aos movimentos de espanhol, coreano ou mandarim, essa expansão mostra o nível de conscientização sobre a importância da transmissão intergeracional das línguas minoritárias entre membros da comunidade brasileira. Esse desenvolvimento traz à luz questões fundamentais: como esse movimento tem se desenvolvido e háquanto tempo? O que está sendo ensinado pelas instituições envolvidas e quais métodos têm sido aplicados? Qual o nível de comprometimento delas? Estão preparadas para ensinar e cultivar a língua e a cultura do Brasil? Os educadores entendem a interconectividade entre língua, cultura, identidade, hibridização e bilinguismo. Um estudo longitudinal-latitudinal em andamento, conduzido por membros de um grupo de estudo vem mapeando programas de PLH, pesquisando, entrevistando educadores e observando o desenvolvimento de seus projetos. O objetivo deste trabalho é discutir resultados iniciais e responder a algumas das questões mencionadas por meio de uma perspectiva sociocultural pedagógica. Descreveremos como os educadores têm desenvolvido suas práticas e como podem contribuir com o campo de estudos das Línguas de Herança.

Resumo Inglês:

An increasing number of educational programs that promote Portuguese as a Heritage Language (PHL) can be found all over the world. With fairly new relevance to the field of Heritage Languages (HL), in no way comparable to movements of Spanish, Korean, or Mandarin, this burst shows the level of awareness about the importance of intergenerational transmission of minority languages within the Brazilian community. Such development brings to light fundamental questions: how has this movement developed and for how long? What is being taught by the institutions involved and what applied methods? What is the level of their commitment? Are they prepared to teach and cultivate the language and culture of Brazil? Do educators understand the interconnectivity between language, culture, identity, hybridization, and  bilingualism?  An ongoing latitudinal-longitudinal study, conducted by members of a group study has been mapping PHL community programs, surveying and interviewing educators as well as closely observing their projects' development. This paper's purpose is to discuss initial findings, answer some of the aforementioned questions regarding the emergence of PHL through a socio-cultural-pedagogical perspective. We will describe how educators have been developing their practices and how they can contribute with the field of studies of Heritage Languages.