Implicações semânticas e de gênero em substantivos femininos: o ensino de português a imigrantes que possuem o francês como segunda língua

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Implicações semânticas e de gênero em substantivos femininos: o ensino de português a imigrantes que possuem o francês como segunda língua

Ano: 2018 | Volume: 12 | Número: 2
Autores: Suzinara Strassburger Marques, Róger Sullivan Faleiro, Kári Lúcia Forneck
Autor Correspondente: Suzinara Strassburger Marques | [email protected]

Palavras-chave: Língua de Acolhimento, Português a imigrantes, Gênero dos substantivos, Flexão de gênero

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A partir de observações realizadas em aulas de português a imigrantes, percebeu-se a identificação de gênero dos substantivos na língua portuguesa como um dificultador na aprendizagem da língua. Em função das dúvidas que emergiram durante as aulas aos imigrantes, surgiu a questão norteadora a partir da qual se desenvolveu este trabalho: em se tratando de substantivos morfologicamente femininos, por que não há percepção de inclusão do gênero masculino? Assumiu-se como hipótese que essa dificuldade provavelmente está ligada às associações que os imigrantes fazem entre o português e sua segunda língua, o francês. A fim de verificar essa hipótese, foram desenvolvidas testagens para compreender a dificuldade de diferenciação de gêneros na aquisição do português como língua adicional. A aplicação dos testes estruturou-se da seguinte maneira: primeiramente participantes voluntários, 4 (quatro) aprendizes de português, tiveram de identificar o gênero de palavras desconectadas semanticamente, depois em um contexto de uso simulado e, por fim, através do processamento online, em que os alunos foram questionados oralmente sobre o porquê de suas escolhas nas questões textuais. A partir da análise dos achados, é possível verificar que o conhecimento de outras línguas, principalmente do francês, neste caso, influencia muito no aprendizado de uma língua adicional.



Resumo Inglês:

Based on observations made in classes of Portuguese to immigrants, it was possible to identify gender of nouns in the Portuguese language as a difficulty in learning the language. Because of the doubts that emerged during thelessons to immigrants, this work was developed from this guiding question: in the case of morphologically feminine nouns, why is there no perception of inclusion of the masculine gender? It was hypothesized that this difficulty is probably linked to the associations that immigrants make between Portuguese and their second language, French. In order to verify this hypothesis, tests were developed to understand the difficulty of gender differentiation in the acquisition of Portuguese as a Host Language. The tests’ application was structured as follows: firstly, the volunteer participants, 4 (four) Portuguese learners, had to identify the gender of semantically disconnected words, then in a context of simulated use, and finally through online processing, in which students were asked orally about the reasons for their choices in textual questions. From the analysis of the findings, it is possible to verify that the knowledge of other languages, mainly of French in this case, influences a lot in the learning of another language.