AS IMPLICAÇÕES DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO DESENVOLVIMENTO DAS COMPETÊNCIAS

Revista Ciência Plural

Endereço:
Av. Senador Salgado Filho 1787, Lagoa Nova
Natal / RN
59056-000
Site: http://www.periodicos.ufrn.br/rcp
Telefone: (84) 3442-2338
ISSN: 2446-7286
Editor Chefe: Iris do Céu Clara Costa
Início Publicação: 31/12/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Saúde coletiva

AS IMPLICAÇÕES DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO DESENVOLVIMENTO DAS COMPETÊNCIAS

Ano: 2015 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: Cláudia Christianne Barros de Melo Medeiros, Antonio Medeiros Júnior, Mônica Karina Santos Reis, Cecília Isabel dos Santos, Maria do Socorro Costa Feitosa Alves.
Autor Correspondente: Cláudia Christianne Barros de Melo Medeiros | [email protected]

Palavras-chave: Educação Baseada em Competências; Currículo; Educação Superior.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Introdução:As Universidades passam por mudanças que buscam uma formação critico-reflexiva, devido à pressão exercida por diversos setores da sociedade. Compreende-se a necessidade de práticas pedagógicas sustentáveis que possibilitem o desenvolvimento de competências que estão sendo demandadas no processo de formação. Logo, para nortear o processo ensino aprendizagem por competência como orientado pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), é fundamental que este seja assumido por toda Instituição de Ensino Superior (IES). Objetivo:Investigar a compreensão sobre as competências gerais estabelecidas pelas DCN que se encontram presentes no processo de formação profissional através dasfalasdos alunos. Métodos:Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa que utilizou a entrevista com situação problema para coleta de dados. Os sujeitos participantes do estudo são concluintes voluntários do curso de Odontologia/UFRN. Asfalasdos participantes foramgravadase transcritas, gerando um Corpus que foi processado e analisado mediante o auxílio do software ALCESTE. Resultados:O corpus foi dividido em 131 Unidades de Contexto Elementares (UCE), distribuído e agrupado em cinco classes lexicais, que compõem o conteúdo essencial presente nas entrevistas analisadas denominadas de: Problemas de Saúde que aparecem na ESF, Dificuldades de comunicação, Lacunas da formação profissional, Espaços formativos articulados e Determinantes sociais em saúde. Conclusões:É lícito concluir que durante a formação, há dificuldades na articulação da academia com os serviços de saúde, além da escassez de componentes curriculares com práticas pedagógicas e conteúdos integrados à realidade social. Apesar dos avanços, com a inclusão das clínicas multidisciplinares e a inserção de vivências formativas conectadas ao mundo do trabalho, induzidas pelas políticas oficiais de educação superior recentes, os estudantes apresentam limitações para mobilizar conhecimentos, interpretar informações essenciais e atuar em equipe multiprofissional no enfrentamento dos problemas de saúde.



Resumo Inglês:

Introducion: At present, the Universities search to promote a critical-reflexive education because topressure from different society’s sectors. It is understood the necessity of sustainable pedagogical practices that enable the development of competences that are associated to training process. As soon, to guide the teaching and learning process by competency as recommended by National Curriculum Guidelines (NCG), it is essential that the Universities assume this role. Objective: Investigate the comprehension about general competencies established by NGC that are present in the training process through speech of students. Methods:It is a descriptive study with qualitative approach which used an interview based in a problem situation for data collection. The subjects were graduating volunteers of Department of Dentistry of Federal University of Rio Grande do Norte. The speech of participants was recorded and transcribed which was analyzed with the ALCESTE software. Results:The corpus were divided in 131 Elementary Context Units (ECU), distributed and clustered in five lexical classes that composes the essential content present in interviews analyzed and denominated of Health problems that appear in Public Health System, communication difficulties, shortcomings of training process, articulated forming spaces and social determinants of health. Conclusions:Itis conclude that during training process, there are difficulties in articulation of Academy with health services, beyond of shortage curriculum components with pedagogical practices and disciplines connected to social reality. Despite advances with the inclusion multidisciplinary clinics and insertion formative experiences linked to working world induced by recent higher education politics, the undergraduates present limitations to mobilize knowledge, interpret essential information and work in multi-professional team in face of health problems.