Identificação segura do paciente: adequação do uso da pulseira por impressão térmica em um Hospital Público Universitário do Norte do Paraná

Revista de Saúde Pública do Paraná

Endereço:
Rua Doutor Dante Romanó, 120 - Tarumã
Curitiba / PR
82821016
Site: http://revista.escoladesaude.pr.gov.br/index.php/rspp
Telefone: (41) 3342-2993
ISSN: 82821-016
Editor Chefe: Priscila Meyenberg Cunha Sade
Início Publicação: 25/07/2018
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Saúde coletiva

Identificação segura do paciente: adequação do uso da pulseira por impressão térmica em um Hospital Público Universitário do Norte do Paraná

Ano: 2019 | Volume: 2 | Número: Suplemento
Autores: Rodrigo Martins de Souza, Dagmar W. Vituri, Elisana Agatha Iakmiu Camargo Cabulon, Leila Garcia de Oliveira Pegoraro, Eliane Cristina Sanches Maziero
Autor Correspondente: Rodrigo Martins de Souza | [email protected]

Palavras-chave: sistemas de identificação de pacientes, segurança do paciente, auditoria de enfermagem, enfermagem

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O trabalho teve como objetivo avaliar o percentual de adequação ao uso da pulseira de identificação por impressão térmica em pacientes de um hospital público de ensino do Norte do Paraná. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e transversal realizado em 12 unidades assistenciais, de março a dezembro de 2017, por meio de auditoria operacional visando avaliar a efetividade da implantação do protocolo de identificação segura do paciente. Foram avaliados 3.853 pacientes, e 94,59% encontravam-se com a pulseira de identificação, mas foi constatada ausência principalmente nas unidades de pronto-socorro e pediatria. Quanto à legibilidade dos dados na pulseira houve 96,5% de adequação e mais de 98,0% das pulseiras apresentavam dados de identificação, com a integridade da pele em conformidade. Os resultados demonstraram a adequação desta meta de segurança do paciente na instituição podendo-se afirmar que esta prática foi consolidada enquanto estratégia gerencial de melhoria da qualidade da assistência.



Resumo Inglês:

The objective of this study was to evaluate the percentage of adequacy to the use of the thermal  wristband in patients of a public teaching hospital in the North of the state of Paraná. This is a quantitative,  descriptive, and cross-sectional study carried out in 12 care units, from March to December 2017, through  an operational audit to evaluate the effectiveness of the implementation of the protocol for the patient's safe  identification. A total of 3,853 patients were evaluated, 94.5% were found with the identification wristband, and  the absence was observed mainly in the emergency department and pediatric units. As for the readability of the  data on the wristband, there was 96.5% suitability, and more than 98.0% of the wristbands had identification  data, with accordingly skin integrity. The results demonstrated the adequacy of this patient safety goal in the  institution, and it can be affirmed that this practice was consolidated as a management strategy to improve the  quality of care.